Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

28.08.2015

Fotos Públicas

'Não há motivo jurídico claro para impeachment'

:

Senador Aécio Neves (PSDB-MG) recua ao ser questionado se já há razão jurídica para o impeachment: "Acho que ainda não está claro. Reconheço isso. Mas nada impede que dentro de algum tempo isso ocorra, porque as denúncias são muito graves"; tucano tenta justificar legalidade do golpe, em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar; "É preciso que se diga que impeachment, ao contrário do que muitos alardeiam, é uma previsão constitucional", afirmou; e disse ainda concordar com Dilma que seu mandato é legítimo, por ter sido conquistado no voto, mas ressaltou que "se o voto, eventualmente, foi obtido de forma fraudulenta, foi obtido com dinheiro de propina ou com as instituições se submetendo ao interesse do candidato, isso tira a legitimidade do voto"

Pela 1ª vez, Lula assume sua candidatura em 2018

:

"Não posso dizer que sou, nem que não sou [candidato]. Sinceramente, espero que tenha outras pessoas para serem candidatas. Agora, uma coisa pode ficar certa. Se a oposição pensa que vai ganhar, que não vai ter disputa e que o PT está acabado, ela pode ficar certa do seguinte: se for necessário, eu vou para a disputa e vou trabalhar para que a oposição não ganhe as eleições", afirmou o ex-presidente nesta manhã, em entrevista à Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte; Lula recomendou à oposição que tenha "paciência"; "Eu perdi três eleições, voltava para casa. Eu não ficava xingando as pessoas. Eu não ficava falando palavrão. Eu ia para casa me preparar", lembrou; Lula disse ainda que "ninguém quer mais golpe neste País"

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247