Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

3.08.2015

Fotos Públicas

Moro bloqueia contas de Dirceu e de 7 investigados

:

Por determinação do juiz Sérgio Moro, foram bloqueados até R$ 20 milhões nas contas do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e outros sete investigados na 17ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta manhã; decisão também atinge as contas do irmão de Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, e da empresa JD consultoria; a medida tem como objetivo garantir ressarcimento aos cofres públicos, no caso de eventual condenação dos envolvidos; o advogado do ex-ministro, Roberto Podval, pediu hoje ao STF para que ele não fosse transferido para Curitiba; "Desde que teve ciência de que figurava como investigado na Lava Jato, reiteradamente, dispôs-se a ser ouvido em depoimento pelas autoridades, o que nunca foi determinado", destacou o advogado

Prisão de Dirceu foi baseada em duas delações

:

Questionado sobre o "fato novo" que levou à prisão o ex-ministro José Dirceu nesta manhã, pela 17ª fase da Operação Lava Jato, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima afirmou em coletiva de imprensa que, "diante da delação de Júlio Camargo", os investigadores tiveram "provas suficientes" para a prisão; antes, os indícios vieram com a delação do empresário Milton Pascowitch; "Temos claro que Dirceu era aquele que tinha a responsabilidade de definir os cargos na administração de Lula"; confirmação da propina seriam pagamentos de empreiteiras à JD Consultoria, empresa de José Dirceu; o ex-ministro alega, no entanto, que esses pagamentos eram de serviços prestados a essas empresas

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247