Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

24.05.2015

Fotos Públicas

Belo Monte e a luta por uma usina necessária

:

"Num país que não se livrou do trauma do apagão de Fernando Henrique Cardoso e torce o nariz diante do salto da conta de luz definido no segundo mandato de Dilma Rousseff, a visão convencional sobre Usina Hidrelétrica de Belo Monte é um espanto. No final de abril, 77% das obras civis da usina — que já envolveram 2,3 milhões de metros cúbicos de cimento e 88.820 toneladas de aço — estavam concluídas", diz Paulo Moreira Leite, enviado especial ao canteiro de obras, em Altamira, no Pará; maior investimento em infraestrutura do País, a usina, que só ficará atrás de Itaipu, será inaugurada em janeiro de 2019, sem atrasos, apesar de todo o noticiário apocalíptico em torno da obra; segundo PML, trata-se de "investimento fundamental para uma sociedade na qual 130 milhões de pessoas já possuem telefone celular, onde a iluminação precária em bairros da periferia urbana constitui uma tragédia que atinge escolas, hospitais, empresas e residências"

Delatores divergem e um deles inocenta Gleisi

:

Atingida em plena campanha eleitoral do ano passado com a acusação de que teria recebido recursos do doleiro Alberto Youssef, quando se elegeu senadora, em 2010, a ex-ministra Gleisi Hoffmann, do PT, recebe uma reparação tardia; em depoimento prestado na Lava Jato, o delator premiado Rafael Ângulo, que seria o entregador de recursos de Youssef, afirmou não ter conhecimento sobre qualquer fato relacionado à senadora Gleisi; segundo Youssef, Ângulo teria sido o portador do dinheiro; choque entre versões de delatores têm sido comuns na Lava Jato; ex-ministro Antonio Palocci também foi citado por Paulo Roberto Costa, que depois acabou desmentido por Youssef

Opinião

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247