Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

4.03.2015

Fotos Públicas

Vingança de Cunha virá na CPI e tem nome: Kroll

:

Convencido de que é alvo de uma investigação política, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), prepara o troco na CPI sobre a Petrobras, presidida por seu aliado Hugo Motta (PMDB/PB); uma das decisões tomadas é a contratação da Kroll, a maior firma de investigações privadas do mundo, que atuou na CPI que resultou na queda do ex-presidente Fernando Collor, em 1992; a Kroll terá como missões rastrear contas no exterior de Pedro Barusco, Paulo Roberto Costa, Roberto Duque e de empresas de engenharia contratadas pela Petrobras; outra decisão tomada pelo grupo de Cunha foi a criação de quatro sub-relatorias na CPI, para enfraquecer o relator petista Luiz Sergio

Cid: Câmara tem uns 400 deputados achacadores

Valter Campanato/Agência Brasil: O ministro da Educação, Cid Gomes, fala a imprensa ao chegar para reunião com o lider do governo na Camara, deputado José Guimarães e parlamentares, da bancada do PT (Valter Campanato/Agência Brasil)

Segundo o ministro da Educação, Cid Gomes, a Câmara dos Deputados, sob o comando do deputado Eduardo Cunha, "será um problema grave para o Brasil": "Tem lá uns 400 deputados, 300 deputados que quanto pior melhor para eles. Eles querem é que o governo esteja frágil porque é a forma de eles achacarem mais, tomarem mais, tirarem mais dele, aprovarem as emendas impositivas", disse o ministro, em visita à Universidade Federal do Pará

Opinião

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247