Condenado pelo STF por causa de sua parcialidade contra o ex-presidente Lula, Sérgio Moro informou à consultoria Alvarez & Marsal (EUA) que não disputará a presidência da República em 2022

Colunistas

Ao vivo na TV 247 Youtube 247

Cortes 247

Apoie o 247

Revista Brasil 247