"Na frente da polícia, ele continuou com as agressões, me chamou de favelado", contou o jovem Mateus Pires, que foi vítima de agressões racistas do contabilista Mateus Abreu Almeida Prado Couto em Valinhos

Ao vivo na TV 247 Youtube 247

Revista Brasil 247