Gleisi apoia o 247: precisamos de diversidade na comunicação

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) também apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil 247 é muito importante para a democracia brasileira. Acesse e apoie porque nós precisamos de diversidade na nossa comunicação", diz ela

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) também apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil 247 é muito importante para a democracia brasileira. Acesse e apoie porque nós precisamos de diversidade na nossa comunicação", diz ela
A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) também apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil 247 é muito importante para a democracia brasileira. Acesse e apoie porque nós precisamos de diversidade na nossa comunicação", diz ela (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) também apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil 247 é muito importante para a democracia brasileira. Acesse e apoie porque nós precisamos de diversidade na nossa comunicação", diz ela.

Acesse aqui a página de assinaturas e confira seu depoimento:

Você já conhece o portal Brasil 247, que tem veículos de comunicação que levam uma versão diferente das notícias que nós vemos veiculadas todos os dias na grande mídia.

É com certeza um meio de informação ao que nós temos.

Portanto, eu gostaria que você acessasse o portal Brasil 247 e a TV 247, que está com entrevistas ótimas, levando pessoas as mais diversas.

O Brasil 247 é muito importante para a democracia brasileira.

Acesse e apoie porque nós precisamos de diversidade na nossa comunicação.

Veja o vídeo, faça sua assinatura solidária e ajude a financiar o Brasil 247 e a expansão da TV 247 (OBS: a opção no link é para realizar a assinatura com cartão de crédito. Caso prefira boleto bancário, favor enviar email para [email protected]):

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247