Guilherme Boulos apoia o 247: combate a intolerância e o discurso de ódio

O ativista Guilherme Boulos, militante do MTST, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Num momento como esse, de avanço da intolerância e do discurso de ódio em toda a mídia, é mais do que importante fortalecer os meios democráticos e que dão voz aos movimentos sociais", diz ele

O ativista Guilherme Boulos, militante do MTST, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Num momento como esse, de avanço da intolerância e do discurso de ódio em toda a mídia, é mais do que importante fortalecer os meios democráticos e que dão voz aos movimentos sociais", diz ele
O ativista Guilherme Boulos, militante do MTST, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Num momento como esse, de avanço da intolerância e do discurso de ódio em toda a mídia, é mais do que importante fortalecer os meios democráticos e que dão voz aos movimentos sociais", diz ele (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ativista Guilherme Boulos, militante do MTST, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Num momento como esse, de avanço da intolerância e do discurso de ódio em toda a mídia, é mais do que importante fortalecer os meios democráticos e que dão voz aos movimentos sociais", diz ele.

Acesse aqui a página de assinaturas e confira seu depoimento:

O portal Brasil 247 inicia agora uma campanha de assinaturas solidárias.

Num momento como esse, de avanço da intolerância e do discurso de ódio em toda a mídia, é mais do que importante fortalecer os meios democráticos e que dão voz aos movimentos sociais.

Por isso, eu apoio essa campanha do Brasil 247.

Veja o vídeo, faça sua assinatura solidária e ajude a financiar o Brasil 247 e a expansão da TV 247 (OBS: a opção no link é para realizar a assinatura com cartão de crédito. Caso prefira boleto bancário, favor enviar email para [email protected]):

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247