15 de março, a grande virada contra o golpe

O movimento extremamente politizado, além de exigir “Fora Temer”, também deu sapecadas no governador Beto Richa (PSDB) gritando a pleno pulmões “Fora Richa”

O movimento extremamente politizado, além de exigir “Fora Temer”, também deu sapecadas no governador Beto Richa (PSDB) gritando a pleno pulmões “Fora Richa”
O movimento extremamente politizado, além de exigir “Fora Temer”, também deu sapecadas no governador Beto Richa (PSDB) gritando a pleno pulmões “Fora Richa” (Foto: Esmael Morais)

Cerca de 100 mil marcharam nesta quarta-feira contra a reforma da previdência (fim da aposentadoria) pretendida pelo ilegítimo Michel Temer (PMDB). Com segurança, 15 Março é o início da ‘Grande Virada’ contra o golpe de Estado.

O movimento extremamente politizado, além de exigir “Fora Temer”, também deu sapecadas no governador Beto Richa (PSDB) gritando a pleno pulmões “Fora Richa”.

O diretor de Comunicação da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Roni Barbosa, aposta num crescente das mobilizações de resistência e luta dos trabalhadores contra a retirada de direitos.

“As manifestações em todo o país foram vigorosas e vitoriosas, logo é possível afirmar que os trabalhadores recobraram a mística no dia de hoje”, comemorou o cutista, que deverá divulgar à noite um balanço geral da greve nacional.

Muitos manifestantes foram às ruas da capital paranaense vestindo as cores verde e amarelo, as mesmas que os “coxinhas” usaram nos protestos pedindo o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff (PT).

Para o cientista político e professor Ricardo Oliveira Costa, da UFPR, o traje desses manifestantes tem dois significados importantes. O primeiro é um recado para aqueles que se arrependeram de fazer passeata pela saída de Dilma. E o segundo e mais importante tem a ver com a “retomada” das cores verde-amarelo para os movimentos de defesa da nação e dos trabalhadores.

“As cores verde e amarelo estavam sequestradas pelos movimentos de extrema-direita. A grande manifestação desta quarta é o marco da retomada pela esquerda das cores que, definitivamente, não representam nem combinam com o golpe de Estado”, disse.

Em Curitiba e no Paraná todos tiveram a sensação que a luta só começou. Ou seja, 15 de Março é apenas o início da ‘Grande Virada’ contra o golpe de Estado.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247