26 de maio, o fascismo mostra a cara e leva um tapa

Um desgaste que vai levando o governo, ou melhor dizendo, Bolsonaro ao isolamento e seu governo a míngua; Bolsonaro se apresenta ainda em palanque, seus filhos estão deslumbrados e Olavo de Carvalho dança com seus 15 minutos de fama

26 de maio, o fascismo mostra a cara e leva um tapa
26 de maio, o fascismo mostra a cara e leva um tapa
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O dia vinte e seis de maio de 2019 marca o declínio, a derrocada do governo bolsonarista. Marcada para esta data, o dia de grandes manifestações em defesa do governo o resultado não podia ser diferente:

Um fiasco, um popular "mico" diante de todo o Brasil, para seus organizadores e o próprio Jair Bolsonaro.

A rejeição, o descontentamento e arrependimento foram materializados com o resultado vexaminoso desse ato.

Estimado por bolsonaristas ferrenhos para mais de 300 cidades o ato encolhido não chegou a alcançar a metade do esperado.
A mídia tentou pegar carona nas manifestações para balançar a bandeira das reformas, quase nomeando a manifestação em prol reformas e defesa do governo como sobrenome.

O fato é que não só nós progressistas temos essa visão racional do fiasco e rejeição desse governo. A elite, esta que é a principal interessada nesse pacote monstruoso de reformas, entre elas a que mais lhe interessa, a reforma da previdência, hoje, tem a certeza da incapacidade daquele que está em Brasília que com tamanha rejeição e uma impopularidade que só cresce não passa legitimidade e segurança para aprovar qualquer medida.

Mas e a multidão de verde e amarelo?

Seus seguidores que se vestem de verde e amarelo se apresentam com o mais raso cognitivo politico. Muito próximos de um fanatismo só sabem gritar e expelir frases prontas e exaustivas aos ouvidos.

Uma ameaça, quando pensamos que existem pessoas que compartilham dessa ideia nefasta bolsonarista que transmitem sem ressalvas sua ideologia fascista.

Bolsonaro carrega consigo uma equipe que não passa segurança. Uma trupe que se fantasia de ministério e ainda conta com uma espécie de "guru" que desfere ofensas à quem quer que seja.

Os desentendimentos de Olavo de Carvalho com o vice Mourão, as intromissões dos filhos, e mais esse tiro no próprio pé que Bolsonaro deu com essa convocação de apoiadores que revelou o fiasco de seu governo e quem são de fato seus apoiadores: Fanáticos, seguidores de um governo sem pauta, "apolitizados." Uma pequena massa que vem encolhendo a cada dia ou decreto absurdo assinado por seu líder.

Mas e esta elite que o apoiou o que lhe resta agora, à que lado seguir, qual direção tomar?

Sua única certeza é que o ultraliberalismo fascista não é a saída!

O bolsonarismo é repleto de ideias próprias que destoam dos ideais neoliberais tradicionais. Ele ataca a todos, inclusive quem apoia a pauta neoliberal, como o CENTRÃO .

Um desgaste que vai levando o governo, ou melhor dizendo, Bolsonaro ao isolamento e seu governo a míngua.

Bolsonaro se apresenta ainda em palanque, seus filhos estão deslumbrados e Olavo de Carvalho dança com seus 15 minutos de fama.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247