A cama

Deste momento em diante, agora você compreende. O melhor que você faz é ficar calado. Meu amigo! Tentar explicar algo que não convence é pior do que fazer de conta que ele não lhe pertence. Eu sei, é difícil, mas não custa nada ficar de boca calada. A noite pode terminar com você ocupando um pouco mais da cama e aquele sono que você estava sentindo, pode até retornar

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sabe quando você chega em sua casa cansado de buscar trabalho? Esgotado feito um condenado depois de um dia estafante e que ainda teve aquela discussão com o chefe daquela empresa que não gostou do seu currículo só porque você informou que está a um ano desempregado. Ou mesmo daquele papo que teve com os amigos e amigas no bar da esquina onde vocês sempre se encontram para tomar aquela bebida gelada que nunca falta? Bom, então você vai entender do que estou falando!

Depois deste dia estafante e cruel, você vai tomar aquele banho morno para dormir, pensando que esta noite será a mais bela de todas que você já viveu. E que amanhã tudo será diferente. A água lá atrás é só para ilustrar, porque a que aqui desce é um gelo só. E seu corpo em frangalhos de não fazer nada. Claro, não é por que você não procura um trabalho, é que ele nunca lhe encontra. Você saboreia aquele pão que ficou da manhã e seu amor guardou especialmente para esta hora sagrada. Ao som do ovo estrelado na frigideira com uma margarina qualquer. Este é o seu dia de sorte amigo. Após longos minutos sentado à mesa, imaginando os problemas do mundo e vendo todas as soluções que você poderia dar. Em seguida e não tendo mais o que fazer, seu corpo é colocado para descansar naquela cama que mede dois metros e vinte de largura por três e dez de comprimento, você pega o travesseiro com o maior carinho que pode dispensar a um bem material. Depois cobre seu corpo cansado com aquele lençol com cheiro de amaciante que só sua esposa sabe lavar, com aquela maquina que lhe custou os olhos da cara.

Alguns minutos depois de seu corpo estar exposto e pronto para dormir, ela chega e cola em seu corpo como um só. Neste instante todos os metros de colchão não servem mais para nada agora. Você fica restrito a trinta centímetros na beira da cama, quase caindo da mesma. Agora vá e peça a ela para ir um pouco mais para trás. Faça esta desfeita e a resposta, de todas será sempre a mesma:

- você não me ama mais?

Sua noite acabou de acabar. Não adianta você explicar que é só o cansaço, que você só quer um pouquinho de espaço na cama e nada mais. Pior se, por algum deslize sua boca comete o pecado de pronunciar:

- meu amor, não tem ninguém, é que...

Pode parar, você deu todos os motivos do mundo para que o resto de sua noite seja um tormento. Preste bem atenção no que vou lhe dizer e guarde para sempre este conselho:

- Nunca, mais nunca mesmo, abra a boca para se justificar para sua mulher de algo que ela nunca vai compreender. Elas nunca perceberam as nossas necessidades. A importância de uma noite com as amigas.

Retire o final da frase e coloca:

- ... Com os amigos, que é para não complicar mais isto.

O sono é desesperador e aquele choro que nem faz barulho e nem fica calado incomoda que só a zorra.

Já são duas e meia da manhã e o que você continua ouvindo? A voz dela a falar que você não compreende o amor que ela tem por você.

- Meu amor não é isto...

Que você prefere os seus amigos. Aqui, tomará que ela não lembre que algumas dessas pessoas são do sexo feminino. Lascou tudo se aquela sua amiga de infância, mesmo nunca tendo lhe dado a menor bola, ter o nome envolvido na peleja.

- E aquela sua amiga a Cida, estava lá também?

Deste momento em diante, agora você compreende. O melhor que você faz é ficar calado. Meu amigo! Tentar explicar algo que não convence é pior do que fazer de conta que ele não lhe pertence. Eu sei, é difícil, mas não custa nada ficar de boca calada. A noite pode terminar com você ocupando um pouco mais da cama e aquele sono que você estava sentindo, pode até retornar. No mais, tenha a certeza, esta é só mais uma briguinha de casal e quando você estiver disposto, você não é maquina, assim como eu também não sou, tudo voltará ao normal.

Mas se na manhã seguinte ela ainda vier com a mesma conversa, seja homem, tome uma atitude, se imponha, pegue o que restou de copias do seu currículo e vá à luta, mostre a ela que você é o homem da casa. Não se esqueça de voltar mais disposto nesta noite ou o vizinho pode querer tomar seu lugar.

(Do Livro: QUANDO O AMOR INCOMODA)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email