Esta segunda-feira 26 foi o grande dia para o deputado federal Waldir Maranhão (Avante), o dia em que protocolou no diretório municipal do Partido dos Trabalhadores em São Luís (MA), o seu tão sonhado pedido de filiação.

Se nem Jesus Cristo agrada a todos até hoje, não seria diferente com Waldir e sua gloriosa ida para o PT. Apesar de ser honesto (qualidade rara nos políticos de hoje), mesmo com a ficha limpa e com uma carreira consolidada no trabalho e defesa dos trabalhadores, Waldir construiu a sua carreira trabalhando principalmente pela Educação.

Porém novamente o deputado maranhense demonstra que o seu propósito de entrar no partido é tão somente engrossar a luta e aglutinar forças, principalmente na defesa da democracia e de Lula ter o direito de ser candidato.

Não obstante, num ato de desprendimento político e coragem absoluta, anulou todo o processo covarde e cruel de Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Waldir teve sua vida exposta, foi duramente criticado pela elite e mídia brasileira, que não aceitavam, que um nordestino pudesse impedir o grande golpe armado para destruir a democracia brasileira.  

Seria uma grande covardia do PT, se não reconhecesse o trabalho importante de Waldir naquele momento crítico. Infelizmente numa atitude covarde, tanto o STF quanto o então presidente do Congresso Renan Calheiros (PMDB), nada fizeram para evitar a consolidação do golpe de 2016.

Desta feita, com 3 pedidos de cassação e sem alternativa alguma, Waldir precisou voltar atrás e revogar o próprio ato heroico de anulação do golpe. Para muitos até hoje criticado, ele demonstrou que é mais inteligente do que pensam e foi graças a isso que votou a favor de Michel Temer ser processado (nas duas vezes), contra a Reforma da Previdência e seguiu todas as orientações do PT, em todas as votações importantes.

Vale ressaltar aqui, que ninguém no Maranhão e tampouco no Brasil, a exceção do próprio Lula, fez tanta coisa boa pelo PT, quanto o nobre deputado Waldir Maranhão.  A maior prova disso, foi a sessão especial na Assembleia Legislativa do Maranhão em 2016, que o condecorou com um grande herói nacional na defesa do PT (da ex- presidenta Dilma) e da democracia.

Nada mais justo do que Waldir entrar com honras e glórias no Partido dos Trabalhadores e somar com os 58 deputados da bancada federal, na defesa do direito dos trabalhadores, de Lula e da democracia.

Não é todo mundo, que no dia da confirmação da condenação de Lula no TRF4, novamente dá a cara a tapa e numa atitude de igualmente coragem, pede de maneira humilde, a sua filiação no partido que tanto defendeu no Congresso Nacional.

Aos pobres militantes da esquerda petista maranhense, em especial, o presidente da executiva municipal e Vereador Honorato Fernandes, que num rompante feito um menino mimado, deu declarações desnecessárias e contrárias a filiação de Waldir no partido, o aviso de que pelo estatuto o seu dever é tão somente receber o pedido de filiação e encaminha-lo ao diretório estadual para apreciação, nada além disso. Não adianta, numa atitude infantil e irracional, convocar a executiva municipal para tentar impugnar a filiação. Ninguém pode atravessar os comandos do regimento interno e manobrar da forma torpe e como quiser, algo que foi regido em assembleia. Seria um grande e duro golpe em quem lutou muito e só apanhou para defender o PT do outro golpe, o de 2016.

Na Via Crucis de Waldir para adentrar ao partido que sempre foi fiel, muitos obstáculos de seus opositores, uma espécie de fogo amigo desproposital, pela visão pobre e mesquinha de quem só enxerga um palmo a frente dos olhos.

Waldir como deputado federal pode e muito engrossar o caldo na defesa de Lula e dos direitos dos trabalhadores. Agora imagine como Senador,  cuja a vaga vem sendo pleiteada e construída logo após o terrível impeachment de Lula?

Qualquer ato de impedimento legal ou ilegal da filiação de Waldir no PT, além de um ato de ingratidão e covardia contra ele, é um ato de descaso e ignorância política com o partido. Ora, porque impedir alguém que s[o vem pra somar? Quem no partido tem condições de se viabilizar com Senador? Será que o Vereador Honorato não possuí massa cinzenta no cérebro e em seu lugar a massa é marrom?

Quem lutou mais do que Waldir pelo PT no Maranhão?

Por que não solicitaram votação extraordinária para a filiação do ex-deputado estadual Luiz Pedro ( ex-PCdoB), filiado no sábado passado?

A quem interessa a não filiação de Waldir no PT?

1-      Ao Pré-Candidato ao Senado e deputado federal  Weverton Rocha (PPS), que tem sido fraco nas pesquisas e  cujo nome está rejeitado em muitos municípios maranhenses, além do agravante do Ciro Gomes (pré-Candidato de seu partido à presidência), que tem tecido duras críticas à  Lula na grande mídia?  

2-      A irmã evangélica e pré-candidata fastfood ao Senado Elizane Gama (PPS), que votou a favor do impeachtment, sempre fez oposição a Lula e Dilma no Congresso e, tem sido prestigiada pelo Governador Flávio Dino (PCdoB)?

3-      Ao próprio Flávio Dino e seu fiel escudeiro  o poderoso “Espalha Brasa” Márcio Jerry, como rotulou o ex-camarada Luiz Pedro?

4-      Terezinha Fernandes, Chico Gonçalves, Honorato Fernandes e outros xiitas, que nunca tiveram uma atuação forte e exemplar nacional em favor do PT e por suas limitações políticas e intelectuais, tem medo que Waldir entre no partido?  

A grande questão que deve ser levada em consideração é que Waldir tem capital político e sua Pré-candidatura ao Senado é uma realidade inerente a partido político. Vale ressaltar que Waldir maranhão foi cortejado por outros partidos políticos, o qual nos faz crer que ele esteja numa posição muito privilegiada de escolha. Por conta disso, é importante saber que o PT precisa nesse momento mais de Waldir, do que o contrário e, isso é um fato relevante.

Para finalizar esse texto, uma frase célebre de José Dirceu, amigo pessoal e que cabe perfeitamente para o deputado Waldir Maranhão:

“Eu tenho uma história, uma biografia. Não tenho folha corrida, como muitos que me acusaram”.

Todos sabem que o ex-presidente Lula e o governador Flávio Dino, após a anulação do Impeachment de Dilma, firmaram um compromisso de apoio à candidatura de Waldir ao Senado. Se eles vão cumprir é outra história! Entretanto, o mais importante é nunca se esquecer, do legado que Waldir Maranhão fez no Partido dos Trabalhadores, o que for a parte disso é Pimenta (Paulo), nos olhos dos outros (dissidentes) é refresco.

O certo é que o PHS, PTB, DEM, MDB e pasmem! até PSDB, está de olho nele. Que a justiça partidária seja feita e que o que for melhor para Waldir Maranhão, na defesa de Lula e da democracia brasileira, seja feita.

Que os petistas hipócritas que combatem o ódio da oposição retirem dos seus próprios corações embrutecidos o veneno da ignorância, da ganância e da prepotência. Por outro lado, que os verdadeiros companheiros democratas e nobres combatentes das injustiças, possam sobrepujar e vencer a doença de alguns integrantes do PT, que de maneira inacreditável ainda se recusam em aceitar Waldir Maranhão em seus quadros.

Pela democracia, Dilma, Lula, Marielle, Anderson e pelo fortalecimento do Partido dos Trabalhadores no Congresso Nacional hoje e sempre, Waldir Presente!