A estratégia burra de Bolsonaro que o levará à derrota

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/Twitter)


Por Bepe Damasco 

Sempre acompanhei com espanto certas análises de gente respeitável intelectualmente apontando méritos na estratégia de Bolsonaro de falar apenas para sua legião de seguidores fanáticos.

Essa turba de apoiadores, composta por estúpidos de todos os calibres, orgulhosos e incuráveis analfabetos políticos, fundamentalistas neopentecostais e gente de ideologia abertamente fascista já deu seguidas demonstrações de que está com Bolsonaro faça chuva, faça sol.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O problema para o capitão é que esse contingente da população e do eleitorado não ultrapassa 20%, no máximo 25%, dos brasileiros e brasileiras,  percentual claramente insuficiente para se vencer uma eleição presidencial em dois turnos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se fosse candidato a deputado, cargo eletivo proporcional e não majoritário, Bolsonaro seria campeão de votos. Também se concorresse ao Senado, especialmente por um estado do Sul ou do Centro-Oeste, suas chances de se eleger seriam grandes, mesmo com uma só vaga em disputa.

Bolsonaro chegaria em 2022 com outra musculatura político-eleitoral se ao longo de seu mandato, furasse a bolha da extrema-direita e mirasse a direita e o centro com discursos, ações e políticas de governo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas agora é tarde. O fosso que cavou é de uma profundidade tamanha que impede sua saída. Desde os primeiros meses de Bolsonaro na presidência, as pesquisas vêm atestando que ele é o presidente mais mal avaliado de todo o período da redemocratização do país, ostentando índices de ruim e péssimo infinitamente maiores do que de bom e ótimo.

Nada disso impediu o superdimensionamento de sua força por parte de setores do campo progressista, quem sabe impressionados com as manifestações em verde e amarelo dos fascistas.

Esqueciam que, não obstante representar uma parcela amplamente minoritária na sociedade, esse segmento é composto por pessoas fanatizadas, capazes até de se atirar debaixo de um carro se o chefe mandar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quanto mais comparecer a atos golpistas e manifestações antidemocráticas.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email