A força política, jurídica, de massas e moral de Lula contra Moro

"O encontro entre Lula e Moro é o desencontro de dois projetos para o Brasil. Um veio de longe, está enraizado no país profundo, tem o reconhecimento popular, se identifica com o povo e com a democracia. O outro, foi fabricado pelo projeto norteamericano de destruição do Brasil como potência emergente, repousa na ilusão ditatorial de destruir a democracia mediante decisões unilaterais e arbitrarias, sem contrapeso", escreve o colunista Emir Sader; "A força do Lula é a força do povo, a força da democracia, a força da soberania popular, a força moral de quem representa ideais de emancipação popular. Por isso sua superioridade é incomparável, sua liderança é insuperável, sua presença é a força de um país que manteve sempre a esperança na solidariedade e no direito de todos"

Moro e Lula
Moro e Lula (Foto: Emir Sader)

Tratam de colocar os dois, frente a frente, como se fosse um matar ou morrer, um enfrentamento de dois cow-boys, do que se trata de ver quem saca primeiro, quem sai vivo e quem morre. Não se trata de nada disso. Cada um representa projetos para o Brasil, interesses, setores sociais da sociedade muito diferenciados e contrapostos.

Depois da imensa mobilização para o dia 3 de maio, Moro, alegando demandas da Poíicia Federal, amarelou e mudou a ida do Lula a Curitiba para o dia 10. O Moro piscou. Se deu conta da bomba de tempo que ele mesmo tinha acionado e jogou pra uma semana depois – por enquanto – a data.

Lula não é um ser humano, uma pessoa física. É muito mais do que isso. Ele representa, antes de tudo, a ascensão social e política de um nordestino marcado para morrer, como tantos dos seus conterrâneos e dos seus próprios irmãos. Representa um projeto de país que priorizou a luta contra a desigualdade e que deu certo.

Lula vai a Curitiba como vítima de perseguição por parte de alguém que representa a violação da vontade democrática do povo. Lula não encontrará apenas um indivíduo, um juiz, mas um representante de um projeto, patrocinado pelos EUA e pelos bancos privados brasileiros, de destruição econômica do Brasil.

Lula chegará a Curitiba com a força do apoio popular com que conta, do apoio politico de um projeto que pode fazer o Brasil retomar o crescimento distribuindo renda. Com a força dos argumentos jurídicos que desqualificaram todas as formas de perseguição jurídica que se tentou para criminalizar o Lula, me prova alguma,

Mas acima de tudo Lula chega a Curitiba com a força moral de uma trajetória de vida exemplar, que faz com ele possa olhar nos olhos de quem quer que seja, com altivez, com transparência, com certeza de representar os interesses do povo, os interesses da democracia e os interesses do Brasil.

São duas caras, que se contrapõem frontalmente, de um mesmo país. Lula prega o retorno à democracia como o caminho para o Brasil reencontrar-se consigo mesmo. É o Brasil que vive do seu trabalho, que paga impostos, que quer desenvolvimento econômico com distribuição de renda, que reconhece o direito de todos, que confia na solução democrática dos problemas do país.

Moro representa a proposta autoritária dos problemas do Brasil. Representa a judicialização da política, o atropelamento dos mandatos populares por decisões judiciais arbitrárias e concentradas numa única autoridade. Representa o autoritarismo de quem pretende apagar a trajetória democrática do país mediante delações obtidas mediante pressões e recompensas.

O encontro entre Lula e Moro é o desencontro de dois projetos para o Brasil. Um veio de longe, está enraizado no país profundo, tem o reconhecimento popular, se identifica com o povo e com a democracia. O outro, foi fabricado pelo projeto norteamericano de destruição do Brasil como potência emergente, repousa na ilusão ditatorial de destruir a democracia mediante decisões unilaterais e arbitrarias, sem contrapeso.

A força do Lula é a força do povo, a força da democracia, a força da soberania popular, a força moral de quem representa ideais de emancipação popular. Por isso sua superioridade é incomparável, sua liderança é insuperável, sua presença é a força de um país que manteve sempre a esperança na solidariedade e no direito de todos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247