A hora é agora!

"Desse protesto outros surgirão e paralisarão o país, mostrando a essa camarilha fascista que aqui vive um povo que não aceitará jamais ser dizimado de seu futuro. Dos estudantes se somarão outros setores até chegar nos quartéis onde verdadeiros soldados patriotas, se recusarão a ouvir as falsas e odiosas lições para matar seus irmãos e viver sem razão", diz o historiador Carlos d'Incao, sobre os protestos marcados para este 15 de maio

A hora é agora!
A hora é agora! (Foto: AMR ALFIKY/Reuters)

Cidadãos e cidadãs brasileiros, dirijo-me a vocês como um simples historiador que, como tantos outros milhões de brasileiros, sempre tentou lutar pelo melhor de nosso país.

Em 2018 milhões de eleitores foram iludidos com uma farsa chamada Jair Bolsonaro. Esse abjeto e infame personagem foi eleito no meio de uma onda reacionária alimentada por mentiras, golpes e conspirações.

A essa onda se somou o ódio da população revoltada com uma crise econômica criada intencionalmente pelo capital financeiro e os banqueiros que buscam recuperar suas perdas financeiras desde a crise de 2008.

Uma vez eleito, com o apoio dos setores que sempre lutaram contra os interesses nacionais, Bolsonaro já se auto desmascarou em poucas semanas.

Esse governo não tem nenhum projeto para o Brasil senão a entrega de nossa soberania e a usurpação de todos os direitos sociais conquistados - com sangue, suor e lágrimas - ao longo de nossa história.

Para além dos direitos sociais, Bolsonaro quer também usurpar o nosso futuro como sociedade, nossas esperanças e nosso legítimo direito de vivermos bem em uma nação que seria capaz de alimentar o mundo e produzir infindáveis riquezas.

Bolsonaro quer usurpar tudo porque na verdade não passa disso: um usurpador. Um personagem de quinta categoria que apenas ocupa o atual cargo devido ao fato de terem usurpado de Lula o direito de concorrer às eleições de 2018.

Hoje tudo está claro: Sérgio Moro, Paulo Guedes, a delinquente família Bolsonaro e todos aqueles que dão sustentação ao presidente, são bandidos e entreguistas, quando não dementes e despreparados.

Todos protagonizaram e ainda protagonizam uma enorme farsa, qual seja, que todos nós devemos entregar nossas vidas para a mais brutal das servidões, a servidão neoliberal.

Nenhum setor da economia e da sociedade se beneficiam ou se beneficiarão com esse governo que deve, enfim, ser derrubado pelo povo, democraticamente nas ruas.

O fim desse governo começará hoje com milhões de estudantes protestando de forma legítima e pacífica pelas ruas de todo o país, rechaçando os cortes na educação.

Desse protesto outros surgirão e paralisarão o país, mostrando a essa camarilha fascista que aqui vive um povo que não aceitará jamais ser dizimado de seu futuro.

Dos estudantes se somarão outros setores até chegar nos quartéis onde verdadeiros soldados patriotas, se recusarão a ouvir as falsas e odiosas lições para matar seus irmãos e viver sem razão.

Esse governo se tornou ilegítimo no momento em que se voltou contra o Brasil. Não podemos admitir isso e não iremos sobreviver a essas reformas propostas por Bolsonaro.

A hora é agora! Nenhum passo atrás e nenhum direito a menos! Que se encerre esse mandato farsante e que salvemos o Brasil de seu extermínio.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247