A luta dos brasileiros por um emprego

Liquidaram uma Nação onde jovens e velhos andam angustiados por não enxergarem perspectivas de sobrevivência. Só quem um dia já ficou desempregado conhece o sentimento que tento traduzir. É urgente que viremos esta página da história do Brasil

A luta dos brasileiros por um emprego
A luta dos brasileiros por um emprego (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

Venho acompanhando com extrema preocupação os principais noticiários de tevê no Brasil.

Algumas imagens nos remetem diretamente a cenas passadas no governo neoliberal de FHC.

Uma simples vaga de gari no Rio de Janeiro chegava à época a atrair mais de dez mil pessoas na esperança de serem contratadas.

Hoje, vemos filas com até 20 mil pessoas atrás de uma vaga para trabalhar num supermercado. Filas em Goiás, no Paraná, no norte, nordeste ou no sul do país, na luta por qualquer possibilidade de emprego.

Tudo isso é resultado da política desastrada dos golpistas Michel Temer e sua quadrilha que armaram juntamente com a mídia para derrubar Dilma Rousseff.

O atual desgoverno segue rigidamente os princípios aplicados anteriormente por esta gente do MDB, do Democratas e os desgostosos tucanos que nunca aceitaram ter perdido as últimas eleições.

A reforma trabalhista cantada em prosa e verso como saída para o desemprego só precarizou e desempregou trabalhadores.

Agora, a turma do golpe, na voz de Alkmin, propõe extinguir definitivamente o Ministério do Trabalho para implantar de vez a escravidão no Brasil.

O que querem é encerrar de vez um ciclo de governos petistas que gerava emprego - reconhecido por organismos internacionais como responsável por elevar o Brasil ao patamar de país de "pleno emprego".

E o que recolocam no lugar? Retrocesso social, político e econômico, com 20 milhões de desempregados.

Em plena capital da República a esperança se foi. Temos cerca de 400 mil pessoas em busca de emprego, principalmente jovens e idosos.

Liquidaram uma Nação onde jovens e velhos andam angustiados por não enxergarem perspectivas de sobrevivência.

Só quem um dia já ficou desempregado conhece o sentimento que tento traduzir.

Fico olhando e imaginando quando é que os golpistas e os imbecis que foram para as ruas financiados pela FIESP e pelo capital internacional vão pedir desculpas ao povo brasileiro pela destruição que causaram nos últimos dois anos?

É urgente que viremos esta página da história do Brasil.

Só faremos isso ocupando ruas e praças contra a impunidade dos verdadeiros traidores da Pátria, e pela imediata libertação de Lula, para que dispute as eleições e voltemos a cantar o Hino Nacional brasileiro como cidadãos de uma Nação soberana.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247