A prática nojenta da Lava Jato na perseguição a Lula

Os procuradores da Lava Jato de Curitiba se transformaram num grupo de bandoleiros ideológicos idiotizados! A postura no calorzinho do grupo privado revela o que tem de mais sórdido, imprestável, demagógico, odiento e pueril no poder

(Foto: Ricardo Stuckert)

Em toda a sequencia dos fatos narrados pelo Intercept Brasil, na #VazaJato só há uma coisa boa! A máscara dos canalhas lhes sendo retiradas! Os procuradores da Lava Jato de Curitiba se transformaram num grupo de bandoleiros ideológicos idiotizados!

A postura no calorzinho do grupo privado revela o que tem de mais sórdido, imprestável, demagógico, odiento e pueril no poder. Esse bando de canalhas jamais se importou com a lei, jamais quiseram combater a corrupção! Seus objetivos foi apenas e tão somente combater Lula e o PT. 

Mas para esse intento, passaram de todos os limites! Nem mesmo no mundo da política, onde a disputa pelo poder transforma pessoas, a sordidez não chega onde chegaram esse grupo de Procuradores Federais. 

O que o Intercept Brasil revela hoje é de dar nojo! Eu tenho nojo desses procuradores: Olha as frases que esses crápulas escreviam e pensavam no privado... pois a covardia dessa raça é tamanha e a mentira na qual se protegem é tão explícita que jamais protocolaram pedidos de investigação como essa, onde o procurador Januário Paludo acusa num sujeito oculto a suspeita de que Marisa fora assassinada e que o AVC era parte de um plano para mata-la: Januario Paludo: "Estão eliminando testemunhas"

Antes de continuar, gostaria de lembrar o que a natureza ensina sobre como vermes se criam. Para que fungos e bactérias proliferem, duas condições são essenciais. Ambiente quente e úmido. A partir dai, fatalmente, os vermes surgirão. Esse era o ambiente dos chats privados da #LJ ou #LavaJato. 

As conversas intestinais dos Procuradores da #OperaçãoLavaJato nada mais era que um ambiente fétido de distribuição de ódios, um lugar onde a quadrilha se reunia para burlar a lei, para que aquecidos pela podridão, pudessem se fortalecer e ver nascer os vermes que corroeriam a Constituição e o bom Direito.

No aplicativo de mensagens Telegram, os procuradores de Curitiba faziam uma assombrosa disputa de quem destilava mais ódio contra Lula, sem pudor, sem piedade, sem empatia ou qualquer noção de civilidade. Não é atoa que apoiaram Bolsonaro. É por osmose! Os iguais se atraem! 

A procuradora que ficou conhecida pela avaliação do chefe da geral dos Procuradores Sergio Moro se chama Laura Tessler. Ela foi excluída por Moro de participar das audiências com Lula, em razão de sua baixa capacidade, na avaliação do chefe geral, que ao passar a "sugestão" ao capataz Dallagnol, a excluiu: Ela, já sabendo disso, mantém sua carga de baixa capacidade e aconselha, demonstrando que Sergio Moro tem razão sobre sua capacidade cognitiva:
Diz Laura Tessler "quem for fazer a próxima audiência do Lula, é  bom que vá com uma dose extra de paciência para a sessão de vitimização" 

Para essa procuradora, perder a esposa levaria Lula para a sessão de "vitimização". Como é que se pode esperar algo de bom de um órgão que tem entre seus membros alguém com essa natureza de sordidez ??  

Mas o teatro de horrores não para por ai! As mulheres Procuradoras Federais da Lava Jato - "da república de Curitiba", como dizia o outdoor, pago por um deles mesmos - parece ter a necessidade de ser ainda mais cruéis! Outro exemplo escabroso é o da Procuradora Jerusa Vicelli que pergunta ironicamente, sem o menor pudor: "Querem que eu fique pro enterro?" Estão diante da morte de uma pessoa, que fora perseguida de forma leviana e absurda e ao fim, agem como se não fosse disso que se tratava. Da morte de uma pessoa!

A procuradora da República de São Paulo, Thaméa Danelona vai além! Como se fosse uma sensora, ela critica a presença de uma colega do MPF no velório de Marisa: Diz Thaméa: "É como um colega ir ai enterro da esposa do líder de uma facção do PCC. No mínimo inapropriado". 

Imagina o grau de isenção de uma figura destas pra analisar uma acusação, se essa é sua visão contra Lula? 

Outras barbaridades foram ditas sobre a morte de Marisa Letícia. Quem tiver estômago, pode ler na Folha de São Paulo de hoje: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/08/27/lava-jato-morte-marisa-leticia-lula.htm

Para não ficar tão extenso vou passar para outro episódio de morte da família de Lula. Sou amigo pessoal do Edson Inácio, sobrinho de Lula e filho do Vavá, irmão mais velho de Lula que morreu em decorrência de um câncer. Acompanhei o sofrimento e a firmeza da família no sustento desses momentos de dor.

Vavá morreu e isso doeu muito em Lula, pois era o irmão referencia de Lula. Por ser o mais velho, por ter ajudado no sustento dos irmãos quando crianças... enfim... era uma pessoa amada particularmente por Lula. 

Alguns procuradores avaliam o óbvio... Lula tem direito a velar e participar da despedida funerária do irmão. Mas ao fim, o que vence é o ódio... Januário Paludo responde: "O safado só queria passear e o Welter com pena". Laura Tessler comenta: "O foco tá em Brumadinho...logo passa...muito mimimi".... 

Precisa de comentários ? Precisa justificar que Lula é um preso politico, sendo mantido nesta condição por um bando de déspotas ? Nojo... Um dia, e não vai demorar muito, nas faculdades, os meninos e meninas irão estudar isso. trabalhos serão feitos, teses, mestrados e doutorados serão defendidos... e a memória de cada um desses canalhas ficará marcada no Direito Brasileiro, como sendo a mais nojenta pratica jurídica, só comparada ao que nazifascistas utilizam para seus inimigos! Isso não é direito... isso é a alma sebosa de alguns seres humanos.

Por fim, tem a morte de Arthur. Eu fui avisado por um jornalista da Rede Globo. A notícia ainda não havia sido divulgada. Liguei imediatamente para o Edson Inácio que não estava sabendo de nada! Ou seja, antes da família, jornalistas já estavam informados. Esse jornalista, me pediu pra avisar rapidamente a família, pois a noticia iria explodir em poucos minutos. 

Conversei com Edson e ele não acreditou. Ligou para o pai de Arthur que confirmou... neste caso, nem vou copiar o que a mesma procuradora falou... ela não vale a pena ter seu nome lembrado... eu apenas tenho nojo deste Ministério Público Federal.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Jandira Feghali

O massacre como política

Quem deterá o governador Witzel? Com certeza não será sua humanidade, já que comprovou não lhe restar nenhuma. É preciso transformar nossa indignação em protestos e ações institucionais e políticas...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247