A que ponto oposição e imprensa levaram o Brasil

Eduardo Cunha, um bandido que está prestes a ser preso trama, junto com a tal oposição e com uma tal imprensa, um golpe contra a Presidenta Dilma, uma mulher digna, honrada, legitimamente eleita pela maioria dos votos dos brasileiros e que contra ela não consta nenhum crime

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A que ponto uma tal oposição mancomunada com uma tal imprensa levou o Brasil.

Eduardo Cunha, um bandido que está prestes a ser preso trama, junto com a tal oposição e com uma tal imprensa, um golpe contra a Presidenta Dilma, uma mulher digna, honrada, legitimamente eleita pela maioria dos votos dos brasileiros e que contra ela não consta nenhum crime.

Eles querem é desmontar a política de Estado criada pelo Presidente Lula e continuada pela Presidenta Dilma, de combate à corrupção, que está levando grandes empresários, banqueiros e políticos inescrupulosos à prisão.

A tal oposição e a tal imprensa conseguiram produzir uma narrativa que criou um outro Brasil. Ao colocar o Brasil real ao lado do Brasil inventado vê-se o abismo entre um e outro.

Verifique os dados, as informações das instituições oficiais do Estado como IBGE, IPEA, FGV, INEP, Banco Central, universidades, e compare com o Brasil inventado.

Verifique portarias, decretos, leis, que tratam do combate à corrupção, a partir de 2003, da ampliação dos recursos públicos para as áreas de fiscalização e controle, da realização de concursos públicos, treinamento e capacitação de funcionários, e de equipamento, com recursos de alto nível tecnológico, dos órgãos para o combate à corrupção.

A Lei do corruptor, que está possibilitando a prisão de empresários e banqueiros, foi sancionada em 2013 pela Presidenta Dilma.

Preste atenção no nível dos parlamentares da oposição na Câmara e no Senado. Viu no que transformou o Plenário da Câmara? Um verdadeiro bando toma conta da Mesa, não respeita o Regimento e uma grande balbúrdia se instalou na Casa. Já imaginou o Brasil na mão desse bando?

Nossos netos, nossos bisnetos, vão estudar história e vão ver o que hoje muita gente não consegue enxergar

Vou escrever sobre isso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247