A Revoltadas minhocas

Eu tinha visto duas entrevistas no Programa do Jô no SBT – Sistema Brasileiro de Televisão que me chamaram bastante a atenção. O assunto tratado era sobre a criação de Minhocas. Desde que a primeira entrevista tinha sido exibida fiquei bastante impactado positivamente com as informações que eu desconhecia

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Livro a Revolta das Minhocas foi escrito lá pelo ano de 1990 ou 1991 para o meu filho Augusto Flavio. É que durante uma conversa com ele, que tinha em torno de 08 ou 09 anos, reclamava que todas as histórias infantis que lia nos livros, o final era sempre Feliz. 

Eu fiquei com aquela conversa na minha cabeça e resolvi escrever uma que, mesmo não sendo com um final trágico, mas que pudesse dar a ele outro foco. Para ele, era como ler sempre a mesma coisa, já que ele sabia como iria ser o final da história. 

Eu tinha visto duas entrevistas no Programa do Jô no SBT – Sistema Brasileiro de Televisão que me chamaram bastante a atenção. O assunto tratado era sobre a criação de Minhocas. Desde que a primeira entrevista tinha sido exibida fiquei bastante impactado positivamente com as informações que eu desconhecia.  

A Revolta das Minhocas já foi inscrita em um concurso de contos em uma universidade do Rio Grande do Sul. Já faz tanto tempo que não me recordo do nome da entidade, nem do ano. Era o tempo do antigo computador o “246”. E a única forma de comunicação através da rede de internet mundial era o e-mail. O provedor era local da cidade de Paulo Afonso na Bahia, e já não existe mais. Perdi estas informações. 

Leia em PDF o Livro, A Revolta das Minhocas. 

Endereço do link para baixar o livro: https://drive.google.com/file/d/1oXL_mxdjwrxU8tOCp7tNyfVbqMhXi-Ez/view?usp=sharing

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email