Agora vai: tucano Aloysio Nunes Ferreira nas Relações Exteriores

O diabo é que Aloysio tal qual seu antecessor “tem a bola, mas não tem com que jogar”, haja vista o protecionismo dos Estados Unidos na era Donald Trump, e a decisão do governo ilegítimo de desprezar o Mercosul e a África. Portanto, a nomeação é mais do mesmo nas Relações Exteriores

O Itamaraty terá o tucano Aloysio Nunes Ferreira como chefe, informou nesta quinta (2) o ilegítimo Michel Temer (PMDB).

O senador do PSDB de São Paulo, aos 71 anos, substituirá o também senador José Serra (PSDB-SP) “pediu penico” semana passada.

Serra alegou problemas de saúde para deixar o cargo, assim com Eliseu Padilha ao licenciar-se da Casa Civil. Ambos foram delatados na Lava Jato.

O novo chanceler também é investigado no âmbito da Lava Jato pelo Supremo.

Aloysio Nunes Ferreira foi motorista do principal líder da ALN, Carlos Marighella, nos anos 60, mas isso não lhe retira atualmente a condição de articulador do golpe de Estado que derrubou Dilma Rousseff nem o ódio aos ditos países bolivariano.

O diabo é que Aloysio tal qual seu antecessor “tem a bola, mas não tem com que jogar”, haja vista o protecionismo dos Estados Unidos na era Donald Trump, e a decisão do governo ilegítimo de desprezar o Mercosul e a África.

Some-se à falta de eixo da diplomacia brasileira a dificuldade em estabelecer parcerias comerciais com países da Europa, pois eles fazem movimento para “vender” e não para “comprar” mercadorias ao redor do mundo.

Portanto, a nomeação de Aloysio Nunes Ferreira é mais do mesmo nas Relações Exteriores.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247