Alckmin ganhou pouco; Ciro perdeu

Para o colunista Ricardo Bruno, "a decisão do centrão de apoiar Alckmin pouco acrescenta ao candidato do PSDB, além, obviamente, do tempo de televisão e do fim do isolamento a que estava submetido", enquanto "o apoio a Ciro teria outro impacto. Daria ao candidato do PDT confiabilidade junto ao mercado"

Alckmin ganhou pouco; Ciro perdeu
Alckmin ganhou pouco; Ciro perdeu

A decisão do centrão de apoiar Alckmin pouco acrescenta ao candidato do PSDB, além, obviamente, do tempo de televisão e do fim do isolamento a que estava submetido. Na correlação de forças partidárias sua candidatura se fortaleceu, embora isto represente muito pouco para o eleitorado. Para a sociedade, distante das maquinações da política, quase nada se alterou. Os partidos deste bloco tem uma natureza muito próxima do que o próprio candidato tucano representa.

Compromisso com a livre inciativa, equilíbrio fiscal, reforma no sistema previdenciário, manutenção da reforma trabalhista e outras medidas de natureza liberal são postulados já incorporados naturalmente pelo PSDB.

O apoio a Ciro teria outro impacto. Daria ao candidato do PDT confiabilidade junto ao mercado, pois a negociação exigiria a aprovação de alguns pontos programáticos de interesse dos apoiadores. Ciro teria que fazer alguma concessão para que fosse firmado o entendimento. Em troca, ganharia a confiança de setores conservadores que o vêem com os olhos envieazados.

Em resumo, Alckmin pouco ganhou. Ciro perdeu.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247