Além da esperança precisamos de ações, mas onde estão os líderes?

Não é a primeira vez que ataques são direcionados a acadêmicos e cientistas. Na Alemanha nazista, professores judeus foram perseguidos e banidos. O anti-intelectualismo é típico de governos autoritários que se sentem ameaçados pela liberdade de pensamento

Além da esperança precisamos de ações, mas onde estão os líderes?

Em algumas décadas esses tempos sombrios estarão sendo estudados nas universidades que sobreviverem ao tsunami bolsonarista, quem sabe no futuro possamos compreender o que acontece hoje.

Hoje assistimos diariamente declarações, fatos e possibilidades a anunciar tragédias, além da desconstrução dos fundamentos, princípios e objetivos esculpidos na nossa carta politica por aqueles que após outro período de trevas refundaram a república.

Traz algum alento o fato de a avaliação negativa do governo Bolsonaro estar subindo, saiu de 26% para 31% para o campo 'ruim ou péssimo', segundo pesquisa 'XP Ipespe'.

O Poder Judiciário dá sua cota significativa do show de horrores da república.

Os tempos são tão sombrios que o TSE cometeu uma "barbaridade" ao decidir manter sob sigilo, até 2023, as atas das reuniões do 'Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições'. O que nós cidadãos brasileiros não podemos saber em relação à eleição presidencial de 2018? Fato é que o TSE, criminosamente, busca impedir que a sociedade brasileira conheça o que tal 'Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições' (criado para sugerir medidas que coibissem a disseminação de fake news e o uso de robôs na eleição de 2018) discutiu e apurou ao longo do processo que culminou na vitória de Bolsonaro.

Outro indicativo de que a turbulência está apenas começando decorre do seguinte fato: até quem apoiou o golpe de 2016 e abençoou a chegada do primata ao planalto está incomodado com o inquilino do alvorada e sua cruzada moralista, conservadora e fanática, pois ela prejudica os seus negócios e, segundo Jesse de Souza, a classe média tradicional se envergonha crescentemente do capitão.

A verdade é que o país elegeu um idiota e o preço será altíssimo para as camadas mais pobres, mas também para a classe média e para a plutocracia.

O debate político está político está num nível inimaginável. Chegamos ao ponto de um general, ao referir-se ao astrólogo que vive no estado da Virginia nos EUA, dizer que "O ânus é o órgão excretor, se faz sua função o dia inteiro, não é desocupado. Desocupado é o ânus do Olavo [de Carvalho] que foi substituído pela boca". Um vexame.

O primata-presidente "levou bola nas costas" de Trump e finge que não é com ele o assunto, afinal o presidente estadunidense não cumpriu o compromisso assumido com o primata e manteve bloqueio ao Brasil na OCDE. O jornalista Antero Greco sintetizou o fato com a frase: "enganei o bobo, na casca do ovo".

E a economia está sem perspectiva também, basta ter em perspectiva que sob Bolsonaro pela 1ª vez em 21 anos, Brasil fica fora de lista dos 25 melhores países para investir, segundo o ranking feito com investidores estrangeiros desde 1998 pela consultoria A.T. Kearney.

Há fatos muito curiosos. Enquanto o mercado e a mídia vão se dando conta do aumento do desemprego e da falta de investimentos, o governo do primata mantém como prioridade a sua agenda moralista. O presidente, homofóbico confesso, disse recentemente que "o Brasil não pode ser o país do turismo gay" porque "temos famílias", ignorando que Israel, nação que ele tem como referência moral, é um país aberto ao turismo gay. Tel Aviv foi eleita em 2011 a "melhor cidade para gays" do mundo.

O meio ambiente também não é prioridade para o primata do planalto. Num tempo em que incontáveis espécies estão sob risco de extinção e o débil mental que ocupa o Palácio do Planalto num decreto, flexibilizou regras de armas para atiradores e caçadores.

Nós achávamos que não poderia haver nada pior do que o Vélez, mas surge um sujeito ainda mais imbecil que cortou de forma linear 30% das verbas para a educação. Isso é a 'cara' de um governo sem projeto e sem compromisso com o país, imbecis em cada um dos gabinetes.

Bem, não é a primeira vez que ataques são direcionados a acadêmicos e cientistas. Na Alemanha nazista, professores judeus foram perseguidos e banidos. O anti-intelectualismo é típico de governos autoritários que se sentem ameaçados pela liberdade de pensamento.

Alguém escreveu que "Num país como o Brasil manter a esperança viva é um ato revolucionário", mas além da esperança precisamos de ações, de estratégia e de movimentos táticos coordenados. PSB, PDT, PT, PSOL, PCdoB, REDE, e os democratas de centro e de direita precisam se entender. Se o artista tem que ir aonde o povo está e, da mesma forma, a Politica válida e transformadora só existe quando nossos líderes aproximam-se da população para ouvi-la, pois o povo é a solução, o povo é portador das soluções e conhece os caminhos para a prosperidade.

Mas onde estão os líderes?

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

247 faz apelo por debate responsável na internet

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247