As duas frustrações da Globo: Doria e Huck

Huck jogou a toalha porque tinha muito a explicar sobre negócios e sociedades esquisitas. Uma candidatura presidencial abriria suas vísceras aos brasileiros que só enxergam, pela telinha, o lado "bom moço" do reformador de lata velha. Quanto a Doria, coitado, o desastre na administração paulistana cuidou de sepultar sua pretensão presidencial

Huck jogou a toalha porque tinha muito a explicar sobre negócios e sociedades esquisitas. Uma candidatura presidencial abriria suas vísceras aos brasileiros que só enxergam, pela telinha, o lado "bom moço" do reformador de lata velha. Quanto a Doria, coitado, o desastre na administração paulistana cuidou de sepultar sua pretensão presidencial
Huck jogou a toalha porque tinha muito a explicar sobre negócios e sociedades esquisitas. Uma candidatura presidencial abriria suas vísceras aos brasileiros que só enxergam, pela telinha, o lado "bom moço" do reformador de lata velha. Quanto a Doria, coitado, o desastre na administração paulistana cuidou de sepultar sua pretensão presidencial (Foto: Esmael Morais)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Que dupla, que trio! Luciano Huck e João Doria não passaram de um sonho de verão da Globo.

Sorte dos brasileiros que "amor de praia não sobe serra", como se diz no Paraná.

Huck jogou a toalha porque tinha muito a explicar sobre negócios e sociedades esquisitas.

Uma candidatura presidencial abriria suas vísceras aos brasileiros que só enxergam, pela telinha, o lado "bom moço" do reformador de lata velha.

Quanto a Doria, coitado, o desastre na administração paulistana cuidou de sepultar sua pretensão presidencial. Ele agora mira no governo de São Paulo.

Que Deus, tenha piedade dos paulistas!

Luiz Inácio já falou que espera um adversário com o logotipo da Globo na testa.

Quem se habilitará a ser o "gado marcado" pela emissora em 2018? O tucano Geraldo Alckmin? A conferir.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247