As pérolas do Ernesto

O jornalista Alex Solnik destaca as principais “pérolas” do ex-ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) à CPI da Covid

Ernesto Araújo
Ernesto Araújo (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

“Não fui demitido por causa da vacina e sim por ter relacionamento ruim com o Senado”.

---------------------------------------------

“O senhor tinha prestígio internacional”?

“Sim”.

---------------------------------------------

“Por que o Brasil se alinhava aos Estados Unidos”?

“Não houve alinhamento com os Estados Unidos”.

---------------------------------------------

“Jamais promovi atrito com a China”.

---------------------------------------------

“Nunca fiz declaração contra a China”.

-----------------------------------------------

“Qual seu grau de responsabilidade pelo atraso dos insumos da China”?

“Nenhuma responsabilidade”.

-------------------------------------------------

“V.S. disse que a China tentava dominar o mundo. Concorda que a sua atuação prejudicou as relações do Brasil com a China”?

“Não concordo”.

---------------------------------------------------

“Por que o presidente Bolsonaro tem sido hostil com a China”?

“Não vejo hostilidade”.

---------------------------------------------------

“O senhor se empenhou para o Brasil obter vacinas”?

“Sim”.

--------------------------------------------------

“Olavo de Carvalho era um dos gurus que aconselhava o presidente sobre cloroquina”?

“Não tenho conhecimento dessa influência”.

-----------------------------------------------------

“O que o senhor acha da tese de imunização de rebanho por contágio”?

“Não tenho condição de avaliar”.

------------------------------------------------------

“Os Estados Unidos agiram para impedir o Brasil de negociar a vacina Sputnik V”?

“Não tenho conhecimento”.

----------------------------------------------------

“Minha diplomacia foi uma boa diplomacia”.

----------------------------------------------------

“O senhor ligou para autoridades da Venezuela para pedir oxigênio para Manaus”?

“Não”.

“Agradeceu ao governo da Venezuela”?

“Não”.

--------------------------------------------------------

“Por que o Brasil não aderiu ao pacto internacional contra fake news sobre a pandemia”?

“Porque isso podia cercear a liberdade de expressão”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email