Ataque ao Parque dos Falcões

marginais invadiram o Parque dos Falcões, na cordilheira de Itabaiana-SE, espancaram funcionários, mataram uma ave e surrupiaram grana. uma tremenda barbaridade

marginais invadiram o Parque dos Falcões, na cordilheira de Itabaiana-SE, espancaram funcionários, mataram uma ave e surrupiaram grana. uma tremenda barbaridade
marginais invadiram o Parque dos Falcões, na cordilheira de Itabaiana-SE, espancaram funcionários, mataram uma ave e surrupiaram grana. uma tremenda barbaridade (Foto: Lelê Teles)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

nota: o Parque dos Falcões é o único centro de criação, multiplicação e preservação de aves de rapina da América do Sul. e é administrada pelo abnegado Percilo.

o ataque do qual foi vítima, sensibilizou a todos que o conhecem ou conhecem o seu trabalho.

dito isso, digo mais.

marginais invadiram o Parque dos Falcões, na cordilheira de Itabaiana-SE, espancaram funcionários, mataram uma ave e surrupiaram grana.

uma tremenda barbaridade.

ato contínuo, surgiram os defensores do homens de bens andarem por aí armados, para se defender.

veja você que disparate.

até o diabo sabe que a arma foi feita para atacar, para se defender inventaram o escudo.

mas, voilà.

dizem que se Percilo estivesse armado, ele e os seus funcionários teriam colocado os ladrões para correr ou teriam matado todos eles.

essa gente tem ido muito ao cinema, e Hollywood tem contribuído muito para glamorizar a arma de fogo.

fazem com o revólver o que fizeram antes com o cigarro: ao invés de um cancerígeno caretinha na boca de um Alain Delon ou de uma Sophia Loren, botam agora uma pistola na cinta do Brad Pitt, pronto.

quem não quer ser o galã justiceiro?

mas, não posso me furtar em dizer, mesmo sabendo que ofenderei uns amigos queridos, que isso é uma idiotice.

é como se sugerissem que o bom e pacato Percilo deixasse de cuidar de suas aves, por um período, para aprender a manusear um três oitão.

imagino esse homem que ama a natureza e os animais, deixando a paz da Serra de Itabaiana e se dirigindo a um stand de tiros.

lá, ele se dedicaria a melhorar sua pontaria, usando um head phone que silencia ruídos, tentando acertar o meio da testa de um cabra desenhando numa cartolina.

e depois de tanto matar o homem de papel, Percilo estaria apto a se safar de um assalto, promovendo um bang bang em meio às aves exóticas para mostrar o quão macho ele é ao defender o seu patrimônio.

e as aves, claro, todas bem treinadas, usarão escudos para se defender dos tiros.

ou mesmo pode ser que uma delas aprenda a atirar também e surja como elemento surpresa contra os assaltantes encapuzados.

dizem que é apenas questão de treinamento.

o diabo é que o Ministério Público de Sergipe já entrou com uma ação na Justiça Federal contra a Taurus, que há 17 anos monopoliza a venda de munição e armamento no Brasil.

pelo simples fato de que nas mãos dos policiais as armas têm falhado miseravelmente.

quando não dão disparos acidentais, falham na hora que deveriam disparar.

portanto, de nada adiantou o treinamento.

é aquela velha história, o cabra faz um curso de tiro ao alvo e anda com a garruncha na cinta, aí vem um cara faltando uma perna, salta de uma moto e bota uma pistola na cabeça dele...

aí ele lembra do stand, daqueles homens desenhados na cartolina e nos filmes de roliúde.

então ele se vira, protege a esposa e os filhos, rola no chão e mata o perneta com um único disparo, bem no meio da testa.

num parece emocionante?

o que estraga esse roteiro é que os bandidos não ficam parados a meia distância como os homens desenhados na cartolina em stand de tiros.

eles chegam de surpresa e na calada da noite, quando você pensar em vestir o pijama ele já gritou: perdeu, perdeu.

no cinema, não.

no cinema as pessoas voam.

é só amarrar uma capa nas costas delas.

palavras sapienciais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247