Até quando Justiça e MPF vão impor Estado de Exceção no País livrando lideres e partidos pró Temer?

Na fase atual, diante de tudo que existe de Grande Trama para eliminar Lula e o PT, na mesma ordem inversa onde ninguém da atual situação (ex-oposição) é afetado ou punido, já não vale recorrer ao juiz, só mesmo ao bispo sem prestígio pode - se socorrer

Brasília- DF- Brasil- 07/04/2015- O juiz federal Sérgio Moro participa de apresentação de um conjunto de medidas contra a impunidade e pela efetividade da Justiça, na sede Associação dos Juízes Federais do Brasil (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Brasília- DF- Brasil- 07/04/2015- O juiz federal Sérgio Moro participa de apresentação de um conjunto de medidas contra a impunidade e pela efetividade da Justiça, na sede Associação dos Juízes Federais do Brasil (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil) (Foto: Walter Santos)

Anos atrás, em tempos fechados, recorria-se normalmente - e muito - ao bispo ou ao juiz para resolver excessos na vida democrática do Brasil.

Na fase atual, diante de tudo que existe de Grande Trama para eliminar Lula e o PT, na mesma ordem inversa onde ninguém da atual situação (ex-oposição) é afetado ou punido, já não vale recorrer ao juiz, só mesmo ao bispo sem prestígio pode - se socorrer.

Enquanto o STF recusa prender Eduardo Cunha, acusado formalmente de desvios, da mesma forma que o procurador Rodrigo Janot age descaradamente protegendo PSDB, PMDB, etc e seus líderes, eis que o juiz Sérgio Moro apronta mais uma vez mandando prender o ex-ministro Guido Mantega, depois determina soltá-lo em mais um ato de excesso inaceitável no caso Lava Jato.

ABUSO SOBRE ABUSO

A ordem jurídica no País perdeu seu referencial e zelo pelos primados da Constituição diante de uma super-estrutura montada com aval do capital e de setores dos EUA, exclusivamente com objetivo de entregar nosso patrimônio ao interesse externo, mas antes disto precisando fulminar as conquistas da era Lula/Dilma e, pior, a legenda petista e seu principal líder.

Ora, se tudo isso é verdadeiro, quem vai colocar o "guizo no gato" na estratégia produzida por quem deveria estabelecer a Justiça diante de toda a realidade em curso? Como fica já se identificando projeções de que a nova fase leva a convicções de que a Lava Jato é apenas instrumento político e só.

Quando, por fim, as instituições e nomes relevantes do País vão se unir para gerar meios políticos e jurídicos de conter tamanha anomalia?

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247