Basta de violência contra mulher

Os problemas do universo feminino não afetam apenas as mulheres. O que as prejudica e discrimina atinge a sociedade inteira, desestrutura lares e destrói famílias

Os problemas do universo feminino não afetam apenas as mulheres. O que as prejudica e discrimina atinge a sociedade inteira, desestrutura lares e destrói famílias.

Com o desenvolvimento econômico, político e social, cada vez é menos tolerável que as mulheres sejam vistas como subalternas, que tenham diminuídas sua importância e que tenham menos oportunidades de determinar os rumos que querem dar as suas vidas.

Não é mais possível ficarmos de braços cruzados diante da constatação de que, apesar da vigência da Lei Maria da Penha, tantas mulheres continuem a ser assassinadas no Brasil pelos seus companheiros. Não é possível assistir inerte a exploração.

Quando ocupei o posto de ministro da Justiça, a partir de denúncias, me desloquei a três países para repatriar mulheres brasileiras exploradas por redes internacionais de prostituição.

Ao assumir a Presidência do Senado criei a Procuradoria da Mulher. A criação da Procuradoria teve como base a convicção de que as mulheres ainda hoje necessitam de instâncias especiais na luta por seus direitos.

Com essa certeza tenho apoiado irrestritamente todos os projetos provenientes do relatório da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da Violência contra a Mulher.

Com esse mesmo espírito o Senado aderiu à Campanha Nacional Violência contra as Mulheres – Eu Ligo. A iniciativa é da Secretaria de Políticas para as Mulheres, do Ministério das Cidades e da Secretaria de Comunicação Social da Presidência.

A campanha objetiva abrir um canal - Eu ligo 180 - para a sociedade encaminhar suas denúncias, pois não admite mais fazer vistas grossas a tantas agressões ocorridas no seio das famílias brasileiras.

Afinal, nos dias que correm, a ninguém é dado ser indiferente à violência, sob o risco dela se banalizar, se propagar, e tornar todos nós menos dignos de nos dizermos cidadãos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247