Benedita deve se tornar vice-presidente da Câmara dos Deputados

Mulher, negra, carioca, com origem nas favelas, Benedita incorpora valores de diversidade bem-vindos à chapa que deve comandar a Casa por um novo biênio

Benedita da Silva
Benedita da Silva (Foto: Ederson Casartelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A deputada Benedita da Silva deve se tornar vice-presidente da Câmara Deputados num arranjo entre os 11 partidos do campo democrático aglutinados em torno da liderança do atual presidente, Rodrigo Maia.

Com a maior bancada (54 deputados), o PT reivindica espaço nesta negociação entre siglas tão díspares – o grupo inclui até o PSL – proporcional ao seu tamanho. Nesta semana, o nome de Benedita será ofertado ao conjunto dos demais partidos como uma mais uma alternativa para a presidência – além de Baleia Rossi (MDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP).

O movimento mira, na realidade, à vice-presidência. A despeito de a presidente Gleisi Hoffmann ter dito que chegou o momento de a Câmara ter uma mulher na presidência, o PT sabe das enormes objeções à possibilidade de o partido assumir a posição. Não por acaso, Gleisi citou neste sábado (19/12) Benedita e Lídice da Mata (PCdoB) como nomes da esquerda preparados para a missão.

Mulher, negra, carioca, com origem nas favelas, Benedita incorpora valores de diversidade bem-vindos à chapa que deve comandar a Casa por um novo biênio. Sem falar que sua indicação empresta à composição o reconhecimento do peso da bancada petista.

No PT, o nome de Benedita é consensual na corrente majoritária, a CNB. Outros grupos aventaram a indicação de Paulo Pimenta que, contudo, também sugeriu o nome de Benedita. Começa, portanto, a se consolidar o consenso em torno da deputada carioca.

Na disputa entre Baleia Rossi (MDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP), o PT por exclusão tende a apoiar o deputado pepista. A proximidade de Baleia com Michel Temer – tido no PT como conspirador do impeachment de Dilma Rousseff - afasta os petistas de seu nome.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email