Black Friday Lava Jato

Os criminosos do PSDB, denunciados por delatores oficiais da Lava Jato, partido do maior vendedor do Brasil – comendador FHC –continuam blindados

Policiais federais cumprem mandados de busca e apreensão na sede da empreiteira Norberto Odebrecht, no Rio de Janeiro, como parte da 14ª fase da Operação Lava Jato (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Policiais federais cumprem mandados de busca e apreensão na sede da empreiteira Norberto Odebrecht, no Rio de Janeiro, como parte da 14ª fase da Operação Lava Jato (Tânia Rêgo/Agência Brasil) (Foto: Ricardo Fonseca)

Há algum tempo fora dos holofotes, a midiática Operação Lava Jato volta retumbante em berço esplêndido nesta quarta (25), com a prisão espetacular do senador Delcídio Amaral (PT-MS), do seu chefe de gabinete Diogo Ferreira e do banqueiro André Esteves, do banco BTG-Pactual.

Episódio gravíssimo que fere a Constituição Federal e a autonomia dos três poderes da República brasileira: Executivo, Legislativo e o Judiciário.

Em tempos de crise e com manchetes contrárias aos interesses dos grandes grupos de comunicação, como a Operação Zelotes e a suposta participação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, na Operação Lava Jato, através da descoberta de suas contas secretas na Suíça, segundo a imprensa, oriundas de propinas em atividades realizadas com a Petrobras. Reveja aqui.

Cunha desviou a atenção e enfraqueceu o movimento crescente no País, que pedia o Impeachment da presidenta Dilma, por pedaladas (ou manobras) fiscais em 2014.

Depois veio o rompimento da barragem da Samarco que destruiu Mariana e arredores, atingindo várias cidades mineiras e capixabas.

Enquanto isso, nada contra Lula e Dilma e o juiz Sérgio Moro, enfraquecido, quase esquecido. Surge então a denúncia da PGR ao STF, que resulta na prisão do senador petista. O que? Sim, tinha que ser petista. Nossa, feriado nacional para os coxinhas e reaças. Tudo viralizou rapidamente na internet. Descobriram a pólvora!!! Enfim, um político petista preso!!!!

Mas os criminosos do PSDB, denunciados por delatores oficiais da Lava Jato, partido do maior vendedor do Brasil – comendador  FHC –continuam blindados. Incólume a Justiça e a Polícia Federal, como o senador Aécio Neves delatado por Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa, respectivamente figuras principais da delação lavrada à Jato pelo PIG. Reveja aqui.

Situação inusitada, que incentiva tucanos emplumados como o deputado Jorge Pozzobom (PSDB-RS) a zombarem da Justiça seletiva e excludente, que se tornou a nossa brasileira em episódios como os de crimes cometidos excepcionalmente por esse partido, como o Mensalão mineiro, Trensalão paulista, Privataria tucana, etc e tal. Reveja a declaração do deputado Pozzobom aqui.

Numa sessão histórica e sob protestos de alguns senadores, foi aprovado por 59 a 13 a decisão do STF de manter preso o senador Delcídio. Putz! Mas tinha que ser apenas 13 votos contra? 13, o número do PT! O senador Renan demostrou o seu desconforto com a situação inédita na democracia e ressaltou a gravidade da ingerência do Poder Judiciário no Poder Legislativo, abrindo um terrível precedente que além de ferir a democracia, causando uma enorme isonomia nos poderes. Ou seja, que amanhã um deputado, senador ou qualquer homem público no exercício do seu mandato pode ser preso, mesmo sem ter sido julgado. Um estupro ao principal regulador da democracia – a Constituição.

Amanhã, capas de jornais, sites, blogs e revistas do PIG renderão visibilidade e de alguma forma vão tentar fazer ilações entre o Senador preso, a Presidenta  Dilma  e óbvio, que vão focar artilharia pesada ao queridinho dos coxinhas  golpistas e reaças, que é o ex-presidente Lula da Silva. Que é, de longe, o candidato favorito à Presidência em 2018, mesmo sob forte campanha criminosa do PIG.

Sim, o Black Friday Lava Jato vai vender muitos jornais e revistas que andavam encalhados por aí. Uma estratégia que vai render muitas manchetes e chamadas sensacionalistas em telejornais Brasil afora. Com isso, vão conseguir retardar para 2016 o Cunha-Gate e sua possível cassação e os desdobramentos da Operação Zelotes. Afinal, não está fácil pra ninguém criar notícias para vender produtos, que o digam a editora Abril e a Playboy.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Lula cresce mesmo sem ir a debates
blog

Lula: 500 dias de injustiça e dignidade

"Já foram 500 dias de injustiça, mas também 500 dias de dignidade. Ele da’ lição de caráter para todo mundo, de coerência, de espirito de luta. Lula combina o realismo coma esperança viva não...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247