Bolsonarices não dão voto

"O que funcionou há quatro anos não funciona mais. Atacar Lula não vai dar um voto a mais a Bolsonaro", escreve Alex Solnik

www.brasil247.com -
(Foto: Elineudo Meira / @fotografia.75)


Enganam-se Bolsonaro e seus asseclas ao eleger episódios requentados de 2018 para subir nas pesquisas.

O que funcionou há quatro anos não funciona mais.

Tentar achar um mandante no incidente de Juiz de Fora é um delírio. Não basta conchavar alguns policiais, é preciso mostrar provas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De mais a mais, nada disso respinga nem de longe em Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Faltar a debates ou se vitimizar, recorrendo a internações, também só funciona uma vez.

Na segunda, fica óbvio que é farsa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dizer que Lula vai transformar o Brasil em Venezuela, como Ciro Nogueira escreveu n’”O Globo” é uma bolsonarice.

Lula teve oito anos para fazer isso e não fez.

Os brasileiros na sua maioria já aprenderam que elogiar determinado país não significa copiá-lo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atacar adversários, na primeira eleição, pode ser uma arma poderosa; mas, na reeleição, o governo tem que mostrar o que realizou se quiser mais quatro anos de poder.

 Atacar Lula não vai dar um voto a mais a Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email