Bolsonaro, cancelado pela Igreja Católica

Ouça nossa súplica a favor de todo o povo brasileiro. Afasta de todos a Cloroquina e trazei de volta o sorriso da população que não aguentará até a eleição para mudar de comando

(Foto: ABr | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

A imagem do dia de Nossa Senhora foi maculada com a participação do presidente rogando talvez pela sua sobrevivência no cargo mais importante do Brasil. Sob vaias e até aplausos de apoiadores, Bolsonaro esteve em Aparecida, rezando, mas levando um pito do arcebispo por suas atitudes belicosas. Não existe palco para alguém fazer propaganda sob o manto de Maria. Desde a entrada de Jair, o arcebispo já tinha sua homilia pronta com falas contra armas, ódio, fake news e tudo que o presidente representa desde sua eleição. 

Afinal, Jesus aprovaria falar e agir a favor da morte e ir à Igreja comungar? Muitos fiéis foram agradecer ter sobrevivido à Covid, mas é incompatível termos a presença de Bolsonaro aos pés de Maria nossa mãe e padroeira. Por que é incompatível o presidente no altar de Maria? Não por ele ser evangélico,  mas por tudo que ele representa. Em Lucas, 16, 13, vemos a passagem: Não se pode servir a Dois senhores. Nenhum servo pode servir a Dois senhores, ou há de odiar a um e amar ao outro, ou há de aderir a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro. E essa parábola retrata bem essa contradição de Bolsonaro que, exatamente em seus votos, pediu para glorificar a própria carne. 

Bolsonaro, que em seu governo preferiu o caminho da corrupção em primeiro lugar do que a imunização de sua população, tem uma verdadeira idolatria ao dinheiro, apegado ao manom (termo hebraico referente ao dinheiro, cobiça). Temos que lembrar que diante da parábola, verificamos que é incompatível o comprometimento ao dinheiro e a Deus. Esse comprometimento não pode ser dividido. E a perícope de Lucas, apresenta 3 ensinos de Jesus importantes: primeiro, não façam amigos com o manom. Segundo, não sejam injustos no siso de manom e terceiro, sirvam a Deus e não a manom.

PUBLICIDADE

Seu Jair, que somente no cartão corporativo gastou 5,8 milhões é o mesmo que proibiu a distribuição de absorventes para mulheres que não têm condições de comprar. A parábola deixa claro em qual posição nosso presidente comunga. A parábola retrata bem a lei dos contrários tão festejada dos hermetistas, sinaliza bem qual estágio evolutivo o mandatário maior está inserido. Enquanto muitos dos seguidores de Maria respondem ao chamamento divino e se distanciam dos chamados tesouros materiais, Bolsonaro faz o caminho oposto. Afinal, onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. 

Três Ave-Marias serão necessárias junto com a jaculatória: Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós! Porque o povo sofre morrendo de Covid, sem dinheiro, comendo osso, perdendo direitos atrás de direitos, sendo vergonha Internacional e se curvando ao fascismo tupiniquim. Ouça nossa súplica a favor de todo o povo brasileiro. Afasta de todos a Cloroquina e trazei de volta o sorriso da população que não aguentará até a eleição para mudar de comando. 

PUBLICIDADE

Enquanto dia 12 representa Nossa Senhora para Jair Bolsonaro, dia 12 para seus filhos representa o dia das crianças, que se ocupam em atacar a DC Comics por ter colocado o filho do Super Homem bissexual. Então, faço minha novena em favor do Brasil, ao som de: Jesus Cristo, eu estou aqui!

PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email