Brasil volta a crescer após oito meses de governo Haddad

(Poderíamos estar lendo essa notícia... mas o absurdo e a estupidez venceram o bom senso e a sabedoria...)

Denúncia oferecida contra Fernando Haddad é inepta, vazia e leviana
Denúncia oferecida contra Fernando Haddad é inepta, vazia e leviana (Foto: REUTERS/Rodolfo Buhrer)

Em coletiva à imprensa o presidente Fernando Haddad fez questão de exibir os novos índices econômicos que mostra um vertiginoso crescimento do Brasil após 8 meses de governo.

“Apesar dos alarmistas terem preconizado o caos econômico com a minha vitória eleitoral, conseguimos - através do diálogo e de uma estratégia econômica sólida e sustentável - colocar o Brasil no caminho do crescimento econômico. Isso é só o começo, ainda temos muito pela frente e continuaremos a mostrar que aqueles que apostaram contra o Brasil continuarão sempre a perder”.

A fala do presidente Haddad foi endereçada principalmente aos bancos estrangeiros que promoveram uma forte fuga de capitais que levou a uma acentuada desvalorização do real e do índice Bovespa que chegou a atingir o patamar de 60 mil pontos em janeiro.

REAL SE VALORIZA E BOVESPA BATE RECORDE

Com os novos índices econômicos positivos, somados com a queda do desemprego e o aumento da confiança dos consumidores, o real chegou nessa quarta-feira a R$ 2,269 frente ao dólar e o índice Bovespa chegou a ultrapassar a marca dos 120 mil pontos, com o mercado otimista com o papel do Brasil na disputa comercial entre a China e os EUA.

“Caso os EUA taxem os produtos chineses, o Brasil é um país soberano e aberto para fazer negócios com a China e o mesmo vale para a China em relação aos EUA.” afirmou o presidente.

NOVOS INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO E SAÚDE

Na coletiva o presidente Haddad também assinou a MP que federaliza o Ensino Médio e anunciou a construção de mais 8 universidades federais.

No campo da saúde o mandatário também anunciou a liberação, para os Estados e Municípios, de verbas emergenciais para a construção de novas UPAS e para a ampliação do programa Farmácia Popular.

“Essas medidas são promessas de campanha que começam a ser cumpridas. Junto a elas se somarão a contratação de mais 12 mil médicos para o programa “Mais Médicos” para atender a periferia e áreas em que estão sem atendimento médico adequado”.

RELAÇÃO COM O CONGRESSO

Questionado se esperava uma relação tão positiva com o Congresso, o presidente Haddad provocou a oposição: “Nos acusavam de querer dividir o Brasil, mas apenas o PSL do Bolsonaro e o DEM querem obstruir a paz no parlamento. Eu pergunto a vocês jornalistas, o que seria do Brasil caso Bolsonaro tivesse vencido as eleições? Como seria um governo conduzido por uma pessoa sem equilíbrio e sem conhecimento de absolutamente tudo o que necessita o nosso país?”. Finalizou o presidente.

(Poderíamos estar lendo essa notícia... mas o absurdo e a estupidez venceram o bom senso e a sabedoria...)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

blog

O círculo vicioso do ódio

Infelizmente a educação de israelenses e de palestinos não é direcionada para a paz e a convivência em comum. Todos são demonizados e como representantes do mal, se justifica maltratá-los e acabar...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247