Caixa dois limpinho de Gilmar: nem Mandrake dá conta

A tese de Gilmar Mendes de que é necessário diferenciar Caixa Dois com origem lícita de caixa dois com origem ilícita como se caixa dois pura e simples não fosse crime tem o objetivo claro de tentar salvar a maioria dos corruptos

Caixa dois limpinho de Gilmar: nem Mandrake dá conta
Caixa dois limpinho de Gilmar: nem Mandrake dá conta (Foto: Nelson Jr./SCO/STF (19/06/2013) )

Desde o primeiro momento da Operação Lava Jato tenho dito que concomitantemente a ela existe no Brasil a intenção clara de difusão de uma campanha difamatória contra o PT, seus dirigentes e militantes.

Disse a todo instante que não existia no Brasil um balaio de dinheiro limpo da sacristia, e uma balaio de dinheiro sujo do demônio.

Repeti várias vezes que o dinheiro das campanhas milionárias que existem em todos os partidos, sem exceção, saía exatamente do caixa dois, e que a sórdida campanha contra o PT tinha o intuito claro de minar nossa democracia.

O que queriam na verdade era tirar a presidente Dilma para poder entregar o Brasil ao capital especulativo internacional, vender o pre-sal a preço de bananas, acabar com as empresas brasileiras, destruir a Petrobras.

Para alcançar mais rapidamente esta meta, junto com a destruição do PT as elites tinham também que fazer uma campanha de criminalização da política como um todo. A meta era acabar com o PT e fazer a povo se desinteressar pela política.

O mais triste é verificar agora que os arautos da moralidade quando viram que a opinião pública já entendeu que o telhado do PSDB, do PMDB, do Democratas e de outros é de vidro, foram tomados por um verdadeiro frenesi, em Brasília, para tentar salvar suas peles.

Altos dirigentes do Congresso e do Judiciário, vergonhas nacionais, estão envolvidos nesta tarefa de criar teorias de que existe dinheiro limpo e dinheiro sujo saído do mesmo lugar.

A tese de Gilmar Mendes de que é necessário diferenciar Caixa Dois com origem lícita de caixa dois com origem ilícita como se caixa dois pura e simples não fosse crime tem o objetivo claro de tentar salvar a maioria dos corruptos.

A própria Globo, que faz parte da trama, disse que a opinião de Gilmar não é consenso no STF mas porque os outros estão calados? A própria Carmen Lúcia disse no passado que caixa dois é crime. Por que não se posiciona claramente a respeito agora?

Quem vai separar isso, o que era limpo do que não era limpo, se saem sempre das mesmas grandes empresas ? Como vai diferenciar o que em caixa dois foi pra campanha, sem contabilidade, ou foi pro bolso do cara ? Nem o mágico Mandrake dá conta de elucidar isso.

Quando Delúbio Soares, tesoureiro do PT, condenado pelo Mensalão, usou a expressão dinheiro não contabilizado, para explicar algumas situações criou-se uma celeuma incrível, mas dinheiro não contabilizado é exatamente dinheiro advindo de caixa dois.

Se o STF e o Congresso criarem fórmulas aparentemente legais de descriminalizar o caixa dois, Delúbio Soares e José Dirceu deverão ter seus processos revistos e poderão pedir ressarcimento pelos anos que injustamente passaram na cadeia.

A verdade é que a máscara caiu de vez. Uma vez criminalizados e presos dezenas de dirigentes do PT, alguns sem julgamento, quando a coisa chega em Aécio Neves, a Lava Jato manda colocar tarjas pretas sobre seu o nome nos depoimentos que o incriminavam para protegê-lo da opinião pública. É o máximo do escárnio.

Enquanto se culpava o PT todos aplaudiam. Todos queriam que os petistas fossem pra cadeia. Agora que chegou nos golpistas e não tem mais como negar que estão envolvidos até o pescoço no mar de lama, querem encontrar um meio para salvá-los das grades.

Se o STF compactuar com isso e não ajudar a colocar na cadeia os tubarões, como a justiça brasileira vai ter autoridade pra botar na cadeia um ladrão de galinhas?

A população brasileira tem que acompanhar de perto e se manifestar contra esta trama de políticos, judiciário e imprensa para fazer uma lei dizendo que caixa dois não é crime e assim salvar a maioria das raposas do Congresso Nacional, Temer e seus ministros golpistas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247