Canto da sereia

Gosto do senador Humberto Costa e admiro a história política dele. Mas não posso deixar de lamentar que ele, como outros petistas, continuem caindo na esparrela de frequentar o esgoto da Veja, na vã expectativa de serem aceitos por quem os odeia e despreza

Humberto Costa
Humberto Costa (Foto: Leandro Fortes)

Gosto do senador Humberto Costa e admiro a história política dele. Mas não posso deixar de lamentar que ele, como outros petistas, continuem caindo na esparrela de frequentar o esgoto da Veja, na vã expectativa de serem aceitos por quem os odeia e despreza.

É um misto de ingenuidade e burrice, algo inaceitável no estágio da luta política em que vivemos.

O mesmo já aconteceu com José Eduardo Cardozo, quando era ministro da Justiça, e com o senador Paulo Paim - este último, foi às páginas amarelas da semanal da Abril anunciar que iria deixar o PT.

E ficou no partido, um vexame duplo.

Essa atração fatal pela mídia está na origem da ruína do PT, desde o primeiro governo Lula, quando esse oligopólio maldito poderia ter sido destruído - mas, pelo contrário, acabou sendo alimentado, nutrido e agigantado.

E deu no que deu.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247