Carlos Wizard causou o maior dano à reputação do Brasil em várias décadas

Nos próximos dias, o Brasil será retratado pela imprensa global como uma republiqueta de quinta categoria como a do filme “O ditador”, de Sacha Baron Cohen. O lado bom disso tudo é que talvez seja essa a realidade. E quem sabe a humilhação seja necessária para que o País se liberte, diz o jornalista Leonardo Attuch, editor do 247

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Nunca imaginei que um empresário pudesse ser tão inconsequente como esse tal de Carlos Wizard, que nem foi nomeado e já produziu a maior lambança (o que já é um feito) do governo Bolsonaro. Sua “mágica” de esconder números fará o Brasil ser finalmente apontado como uma ditadura.

Alguns podem dizer: pô, o cara é bilionário, deve saber o que fala. Já conheci muitos empresários e garanto que a habilidade para ganhar dinheiro não tem nada a ver com inteligência. E muito menos com a capacidade de entender a lógica e a dinâmica do serviço público.

O mágico do Oz do bolsonarismo produziu o maior dano à reputação do Brasil em muitas décadas. Também surpreende que nenhum militar tenha acionado o botão “vai dar merda”.

Nos próximos dias, o Brasil será retratado pela imprensa global como uma republiqueta de quinta categoria como a do filme “O ditador”, de Sacha Baron Cohen. O lado bom disso tudo é que talvez seja essa a realidade. E quem sabe a humilhação seja necessária para que o País se liberte.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247