Carranca de Washington

"William está se envelhecendo muito mal, o que aumenta, a olhos vistos, sua terrível carranca", escreve César Fonseca

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


Por César Fonseca 

William Waack não consegue enganar ninguém; trata-se da voz do império de Tio Samgue; tentou enquadrar Lula no esqueminha do FMI e do Banco Mundial com o receituário neoliberal; para ele, Lula tem que jogar nas quatro linhas dos banqueiros: superavit primário, metas inflacionárias, cambio flutuante, correlação estreita entre dívida/PIB no que diz respeito às regras econômicas capazes de ter a periferia capitalista dentro dos parâmetros do mercado financeiro; o país tem, para ele, que ficar dentro do estreito orçamento não financeiro - que é a poupança nacional achatada para o desenvolvimento interno - para que sobre o máximo para o orçamento meramente financeiro, não-renda para o consumo, mas para a especulação bancocrática; ele pergunta: de onde virão os recursos para os investimentos para ampliar renda disponível para o consumo? 

Claro, virá da redução dos recursos destinados ao orçamento financeiro, ao pagamento dos juros especulativos da dívida pública; Lula, esperto, não se adiantou, para que não seja sabotado a partir do primeiro dia da sua administração, se vencer eleição; ah, nessa despesa financeira que desloca o capitalismo produtivo para que cresça o capitalismo especulativo às custas da exploração dos salários, não pode mexer, tem que deixar intacta, para o usufruto daqueles que são beneficiados pela posição ideológica bancocrática de William Waack. 

Nesse jogo de cartas marcadas, o jornalista da CNN cita números cujas fontes não apresenta, para tornarem válidas suas teorias(suas, não, dos bancos a que ele serve) macroeconômicas neoliberais hoje abandonadas por perderem utilidade, de acordo com ideologia utilitarista;  perdendo utilidade, deixam de ser verdade. Sobretudo, William, a voz de Washington, tem medo dos Brics, do novo formato global das finanças que vão dispensar o dólar como moeda hegemônica. William está se envelhecendo muito mal, o que aumenta, a olhos vistos, sua terrível carranca.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247