Carta aberta a Geraldo Alckmin

Senhor Geraldo, seu melhor amigo Aécio Neves, ainda anda fazendo desgraças na calada da noite. Ele continua a se reunir clandestinamente com Temer, para que o vampiro apresente a Henrique Meirelles como seu candidato, a fim de enganar os cidadãos, para fazê-los acreditar que você é outra coisa e não tem nada a ver com o golpe de Estado

Carta aberta a Geraldo Alckmin
Carta aberta a Geraldo Alckmin

Sr. Geraldo Alckmin, ouvi ao senhor em uma entrevista na rádio. Quando perguntaram como era essa relação com Aécio Neves, uma vez que este tinha sido descoberto solicitando propinas, sua resposta concisa foi: Aécio Neves ainda não foi julgado.

Você finge ser o novo? Você pretende ser a mudança? E nos dá esse tipo de resposta para o maior escândalo do país.

Você deveria estar chocado e indignado com o áudio que você ouviu na TV Globo, não deveria responder com algo tão artificial, não deveria dar uma resposta tão pobre. Muitos daqueles que votaram no Aécio Neves estão visivelmente irritados e indignados.

Senhor Geraldo, seu melhor amigo Aécio Neves, ainda anda fazendo desgraças na calada da noite. Ele continua a se reunir clandestinamente com Temer, para que o vampiro apresente a Henrique Meirelles como seu candidato, a fim de enganar os cidadãos, para fazê-los acreditar que você é outra coisa e não tem nada a ver com o golpe de Estado.

Se você quer saber como foi sua política educacional, veja um vídeo extraordinário feito pelo meu amigo e compatriota Carlos Pronzato, o documentário se chama ‘’ Acabou a paz’’.

Você quer se apresentar como a nova cara do neoliberalismo? aquele neoliberalismo que está deixando minha amada Argentina em ruínas.

Mas parece que você não aprende com a experiência do seu vizinho, nem faz qualquer esforço para aprender alguma coisa sobre a economia do Estado.

Conhecer de economia não é vender os recursos do estado ao especulador estrangeiro a preço de banana.

Observe como terminou financeiramente a revista Veja, essa que tantas receitas e propostas de economia neoliberais dava, essa revista que radicalizava[A1] [A2]  o ódio na classe média e onde muitos reacionários foram educados.

O que você tem que aprender? Que existem empresas estatais porque garantem a industrialização do país e o desenvolvimento social.

As empresas estatais de energia estão para o padeiro e o metalúrgico sejam protegidos com tarifas de energia econômicas, para que não sejam atacadas com um custo de lucro predatório.

Existe uma empresa chamada Correio e do Estado que você quer privatizar. É importante para uma pessoa que vive no sertão, onde não há internet, ela pode receber uma carta, uma empresa privada não faz esse serviço porque não dá lucro.

As empresas estatais de comunicação e energia são a base para o desenvolvimento industrial e social do país, se você privatiza esses serviços, torna o país pouco competitivo e desacelera seu desenvolvimento nacional.

Na Argentina, colapsa porque as empresas de energia têm lucro e não metas de serviço socias. Aprenda com o vizinho, se você não tem bons amigos que possam explica-lhe.

Tudo o que você deseja privatizar acabaria com o desenvolvimento do Brasil, como é o gás, correios, energia e as carreteiras.

Eu vou te dizer o que eu penso sobre o seu perfil de político da TV Globo. Todos os que vêm para ser funcionais ao capital estrangeiro, todos são cortados do mesmo pano e com a mesma tesoura, e todos repetem mecanicamente o discurso medíocre e chato: que você estão chegando para assim aparecer os investimentos. E todos vocês sonham em ser a mosca mais irritante da geopolítica norte-americana, todos são forçados a criticar a Venezuela, porque vocês são orientados para isso. Que os EUA estão desesperados para colocar o país no seu domínio político, para roubar-lhes o petróleo dos venezuelanos.

O que mais me impressiona é o estoicismo e a paciência que muitos cidadãos têm para ouvir o mesmo roteiro chato todos os dias.


 [A1]

 [A2]

Ao vivo na TV 247 Youtube 247