Ciro não pode salvar nem destruir Lula

"O fato é que esse clima de animosidade entre Ciro e Lula, ou Ciro e PT não ajuda em nada os brasileiros que estão sob ameaça do governo Bolsonaro em todos os sentidos e precisam de líderes fortes para os proteger", diz Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia; "Pior: deixa os bolsonaristas à vontade. Enquanto a oposição não se unir o governo não tem o que temer. E a união da oposição depende da união entre Ciro e Lula, entre Ciro e PT", afirma; "Não custa repetir: juntos, Ciro e Lula serão imbatíveis na oposição a Bolsonaro; separados, ambos tendem a perder. Não só eles, todos os brasileiros que não querem a volta da ditadura"

Ciro não pode salvar nem destruir Lula
Ciro não pode salvar nem destruir Lula

Por Alex Solnik, para o Jornalistas pela Democracia

Desde o ano passado eu tenho dito que Lula e Ciro juntos são imbatíveis. Se tivessem feito algum acordo esse capitão aí não estaria no poder. Não deu certo. Atravessaram a campanha brigando entre si. Sobraram rusgas, feridas abertas e cicatrizes.

Repete-se agora o climão. Em vez de se unirem contra o inimigo, que é a extrema-direita de Bolsonaro, os dois maiores líderes da esquerda continuam brigando entre si.

Alguém poderá dizer: não é Lula que está brigando com Ciro, é Ciro que está brigando com Lula.

Mas é que Lula e PT se confundem – Lula é PT e PT é Lula – e esses arranca-rabos do Ciro com petistas podem ser interpretados como brigas com Lula, porque esses petistas se confundem com Lula, falam em seu nome.

O fato é que esse clima de animosidade entre Ciro e Lula, ou Ciro e PT não ajuda em nada os brasileiros que estão sob ameaça do governo Bolsonaro em todos os sentidos e precisam de líderes fortes para os proteger. Pior: deixa os bolsonaristas à vontade. Enquanto a oposição não se unir o governo não tem o que temer. E a união da oposição depende da união entre Ciro e Lula, entre Ciro e PT.

Sem um grande líder, a oposição a Bolsonaro ficará acéfala, engalfinhada numa disputa interminável e indesejável.

O PT e os petistas insistem que o líder ainda é Lula. Mas ele está preso. Foi isso que o Ciro – acho eu – quis dizer no barraco de ontem. Ninguém consegue liderar da prisão. Ninguém consegue liderar falando por intermediários e não pessoalmente. Ninguém consegue liderar sem que se veja seu rosto.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Muitos interpretam os movimentos de Ciro como os de um oportunista que quer destruir Lula para ficar em seu lugar e liderar a esquerda.

Não acho que ele esteja nessa, seria muita burrice e ele não é estúpido.

Ciro não pode nem salvar nem destruir Lula. Quem pode tirar Lula da cadeia é o STF. Ninguém mais. Falar bem ou mal de Lula não vai interferir na decisão do Supremo. Quem pode destruir Lula também é o STF deixando-o mofar na Polícia Federal.

O PT sabe que Lula é o maior líder popular desde Getúlio. E não quer abrir mão de ser conduzido por ele. Teme que, se não continuar nessa linha ganhará a pecha de tê-lo abandonado. Só que a continuar assim o prejuízo pode ser maior.

Lula é um grande líder preso que só vai liderar de novo quando estiver em liberdade.

Enquanto isso não acontece, o melhor para ele e para Ciro seria aparecer algum anjo que os fizesse apertar as mãos.

Não custa repetir: juntos, Ciro e Lula serão imbatíveis na oposição a Bolsonaro; separados, ambos tendem a perder.

Não só eles, todos os brasileiros que não querem a volta da ditadura.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247