Colônia Dignidad?

A corrupção é a chancela governamental: centralizada e descentralizada. Será que o Brasil já atingiu o patamar de uma nova colônia dignidad? Com torturados, mortos, molestados, escravos sorridentes e hipnotizados que se amontoam sob o palanque dos hedonistas (que pregam liberdade de brinquedo), e que solenemente entoam o hino nacional, com a mão no peito e falando em libras

www.brasil247.com -
(Foto: Agência Brasil)


“Atos anti-Bolsonaro puxados pela esquerda têm adesões tímidas e nova ausência de Lula” 

A linha acima foi manchete veiculada pela Folha de São Paulo. Uma publicação que desfere um golpe na população, já estamos fartos de editoriais, como este, que desmerecem a capacidade cognitiva do leitor. A parceria que a referida mídia tem com os outros poderes, inclusive com o “hegemônico poder da desigualdade mundial” é notório.

Municiar os inimigos do povo com noticiosas manchetes beira à covardia. A Cátedra precisa de docentes que venham desnudar e desarticular a falsidade ideológica dos idealizadores de um tecnicismo pérfido, que sob o mando de siglas e termos que se agrupam em centenas de páginas de manuais que só servem para iludir gente e desmandar educação – inclusive dentro da docência em jornalismo.

Conheço dois incríveis seres humanos, donos de uma inteligência ímpar, que desistiram de continuar sua graduação em jornalismo, por não tolerarem as posturas de certos professores com suas disciplinas repetitivas no âmbito de: Redes Sociais, Empreendedorismo, Inovação e outros bichos neoliberais. Resistir é preciso! Por isso estou aqui escrevendo.

O caminho republicano e democrático possui realmente uma “terceira via”: a via “Treze”, e realmente vale por três: Lula, Luiz Inácio Lula da Silva e Lulinha Paz e Amor.

Quinhentos e noventa e oito mil entes, desceram ao pó, e sabe lá quantos mil subnotificados; fora, é claro, aqueles que pereceram atingidos por balas achadas e perdidas em seus corpos. São suicídios, assassinatos e tantas patologias decorrentes da ausência de um estado de bem-estar social que vem ceifando prematuramente a vida dos brasileiros. E se não bastasse, a política senhorial vigorante: escolhe os mais “experientes” para receberem alta através do óbito.

A corrupção é a chancela governamental: centralizada e descentralizada. Será que o Brasil já atingiu o patamar de uma NOVA COLÔNIA DIGNIDAD? Com torturados, mortos, molestados, escravos sorridentes e hipnotizados que se amontoam sob o palanque dos hedonistas (que pregam liberdade de brinquedo), e que solenemente entoam o hino nacional, com a mão no peito e falando em libras. Só falta que antes de cada motociata pesada a ouro, eles entoem o hino da Colônia Dignidad: seita fundada pelo nazista e líder Paul Schafer, que foi preso em 2005, e morreu na cadeia em 2010, aos 88 anos. 

 #LEIABRAZILEVIREBRASIL

 #SEUBRASIL

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247