Crucificar Dilma resolverá o problema da crise?

Está mais do que na hora do Ministro Levy acordar, do Edinho Silva para de presentear o PIG com verbas midiáticas, do Cardozo pular fora do Titanic petista, do PT se posicionar, e por fim, da presidenta Dilma começar a mexer em sua equipe

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Todas as semanas, em todos os meios de comunicação, a pauta é sempre a crise político-econômica brasileira. Na verdade essa Via Crucis da presidenta começou no último ano do seu mandato e acentuou-se na época das eleições.

Quem não se lembra da abertura da Copa do Mundo, quando a presidenta recebeu um sonoro "Vai tomar no Cú", e foi hostilizada pro mundo inteiro ver e ouvir?

Imagino que de fato , se a presidenta saísse do cargo (não existe matéria pra isso), até por motivo de saúde, a imprensa brasileira ficaria sem assunto para estampar manchetes, editoriais, capas e minutos preciosos em telejornais. Se Dilma deixasse o poder , desempregaria Arnaldo Jabor, Diogo Mainardi, Guilherme Fiúza, Reinaldo Azevedo, entre outros tantos idio-profetas do "quanto pior melhor".

Aliás, a rádio Jovem Pan, desceu ao mais baixo nível, quando presenteou Azevedo com um programete de quinta categoria, intitulado "pingos nos is", que mais parece uma brincadeira de rádio com anarquistas ou meros delinquentes juvenis, proclamando piadas ridículas sobre Lula, Dilma. PT e membros do governo federal. Recheadas de imitações degradantes, gritos atemporais, palavrões e tiradas escatológicas. O "Pai dos burros" e "professor da verdade" Reinaldo Azedo, mostra a face mais sórdida de sua opinião pessoal, refletindo claramente o jornalismo marrom, catequizado nos guetos das redações dos grandes grupos de comunicações.

O feitiço está virando contra os feiticeiros, o todo poderoso Eduardo Cunha (PMDB-RJ), está colhendo os louros do que plantou. Ou seja, foi hostilizado no Rock in Rio, durante o show do cantor Seal. "Vaiaram e xingaram ele de vários nomes e jogaram copos de plástico", contou a jovem Carolina Sá, ao caderno Ilustrada da Folha de São Paulo. Cunha com a sua já tradicional cara-de-bunda, fez sorriso de paisagem e fingiu que o negócio era com Dilma. Isso é o reflexo de que as pessoas já estão saturadas da overdose de hipocrisia na política brasileira.

Outro assunto crucificante para a presidenta Dilma, é o fator previdenciário e a possível volta da CPMF, medidas originalmente criadas na ditadura de FHC, quando este, infelizmente governou o País. E pasmem! Foram os próprios aliados de Fernando Henrique Cardoso, que pularam contra no Congresso. Existem mais coisas entre as eleições e o golpe, que a nossa vã filosofia não consegue compreender.

Todos sabem que foi o PT que inventou a propina, lavagem de dinheiro, caixa dois em campanhas eleitorais, sonegação de impostos, evasão de divisas para o exterior, lobby político, ... mas ninguém sabe que quem inventou que foi o PT que inventou, foi o PIG com o intuito de proporcionar o descrédito e a impopularidade da presidenta Dilma Rousseff e seus aliados. Aliás, alguém sabe dizer em que time o ministro Eduardo Cardozo está jogando, no Vermelho ou no Azul e Amarelo? Por que até agora ele só tem feito gol contra.

Falando em fogo amigo, duas observações importantes:

1- Michel Temer, o nosso querido vice, sempre esteve em cima do muro, com muita vontade de pular pra fora. Mas por ingerência do cargo, fez um H baiano, e fingiu tentar ajudar o governo a resolver problemas e aprovar medidas com a bancada do PMDB no Congresso.

2- Enquanto Eduardo Hostilizado Cunha, mostrava–se um gordo crocodilo mordendo a presidenta todos os dias no Congresso , Renan Calheiros, vestido de bombeiro americano, puxava a mangueira lá de São Paulo e como não tinha um pingo d´água, só vinha o ar, ele assoprava para amenizar a dor das mordidas do presidente da Câmara.

Pois bem, passado esse misancene todo, a popularidade da presidenta despencou, o dólar subiu para R$ 4,00 ( como no gov FHC), os coxinhas já haviam antecipado o choro ( assim como Fábio Jr) no BRDAY em Nova lorque. As Bolsas despencaram, quem é rico ficou mais rico, e quem é pobre ficou mais pobre.

Está mais do que na hora do Ministro Levy acordar, do Edinho Silva para de presentear o PIG com verbas midiáticas, do Cardozo pular fora do Titanic petista, do PT se posicionar, e por fim, da presidenta Dilma sair da depressão e começar a mexer em sua equipe ( criando uma força tarefa) e contra-atacar a crise e os seus detratores, com medidas urgentes e eficazes. Já passou da hora do STF acordar e se lembrar que a esposa e irmão do Juiz Sérgio Moro, são funcionários do PSDB. Portanto, ele jamais poderia julgar a Lava Jato, cuja a imparcialidade , dessa matéria, estará numa eterna dúvida, já que só prenderam petistas até agora. Caso contrário, crucificar a presidenta Dilma irá resolver o problema da crise?

PS: Na rádio Jovem Pan, tem vários Spots do governo federal. Ou seja, a presidenta Dilma está pagando para ser esculhambada. Vai entender???

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247