De ideólogo de extrema-direita a exterminador de ursos

www.brasil247.com - Olavo de Carvalho
Olavo de Carvalho (Foto: © REUTERS/Joshua Roberts/Direitos Reservados)


Quem é Olavo de Carvalho?

O conheci quando li um de seus artigos publicado em um jornal “tradicional” brasileiro e reproduzido em um livro da Universidade do Norte do Paraná. Isso me chamou a atenção. Li e reli, afinal o texto serviria de base para que os estudantes confeccionassem um de seus portfólios bimestrais na graduação de História. E como não refutá-lo?

O “filósofo” que residia em terras estadunidenses escreveu poucas verdades e muitos equívocos. Mas ninguém no universo pode ser totalmente imperfeito. E a morte  “aparentemente” não redime, porém o estado inerte de um ser morto; não deveria nos remeter ao sentimento de desdém.  

“Auxiliar o forjar de um factoide fascista” e “eliminar animais” como ursos, por exemplo, se constituiu (em minha opinião) em imperfeições gritantes na lógica existencial da trajetória de Olavo de Carvalho. Há opiniões e juízos de valor divergentes n e convergentes nesse sentido; e isso é democrático.

O povo brasileiro é carente de gurus; e costuma encontrá-los nos mais variados nichos: artístico, político-partidário  e (também) ideológico; como foi no caso do falecido senhor.

A ideologia “malsã” ou  “não malsã” não escolhe a quem vestir...Cabe ao seu “cliente” saber discernir qual lhe cairá melhor.

Continuo acreditando que a desigualdade é um chaveiro usado por todos aqueles dândis, que escolheram se travestir com a fantasia repleta das lantejoulas neoliberais.

Olavo se foi. O corpo se vai. E isso vale para todos nós “organizados quimicamente” para nascer, crescer, desenvolver, e morrer...

O que deixamos aqui, como rastro, ou plantio é que precisará (sempre) ser analisado, para ser refutado ou absorvido na senda evolutiva do caráter humanístico.

#ValReiterjornalismohistórico 

#LULA22

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email