Delegado faz politicagem com a Lava Jato?

Para a defesa de Lula, o delegado comete abuso de autoridade ferindo o artigo 4º, alínea “h”, da Lei nº 4.898/65, haja vista as investigações ainda estarem em curso

Para a defesa de Lula, o delegado comete abuso de autoridade ferindo o artigo 4º, alínea “h”, da Lei nº 4.898/65, haja vista as investigações ainda estarem em curso
Para a defesa de Lula, o delegado comete abuso de autoridade ferindo o artigo 4º, alínea “h”, da Lei nº 4.898/65, haja vista as investigações ainda estarem em curso (Foto: Esmael Morais)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Para a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), sim, “a política continua na Lava Jato”. 

“A disputa de poder e de versões também!”, completa a parlamentar.

A reação da senadora veio depois que o delegado Igor Romário de Paula, da Lava Jato, afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ser preso em até 60 dias.

Para a defesa de Lula, o delegado comete abuso de autoridade ferindo o artigo 4º, alínea “h”, da Lei nº 4.898/65, haja vista as investigações ainda estarem em curso.

“A declaração do delegado Igor de Paula caracteriza coerção moral ao ex-presidente e ataque à sua imagem pública”, dizem em nota os advogados de Lula.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email