Democracia ganha de goleada

"O deputado tentou apelar para o sentimentalismo, citou até sua mãe e filhas e se disse arrependido “pelos excessos”, mas novamente elogiou o general golpista Villas Boas, confirmando sua preferência pelo estado totalitário", escreve Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia

Daniel Silveira
Daniel Silveira (Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia

A votação ainda não começou. Há muitos discursos pela frente ainda. Mas já está claro que a democracia vai ganhar de goleada: quinze partidos encaminharam a favor do relatório da deputada Magda Moffato, um libelo em defesa da democracia que consumou a derrota da ditadura (Cidadania, PCdoB, PT, PP, PSD, MDB, PL, PDT, Solidariedade, PSDB, Republicanos, DEM, PSB e PSOL); Maioria, Minoria e Oposição também encaminharam “sim”; Patriota, PROS e Podemos liberaram as bancadas e apenas três partidos (PTB, PSC e Novo) vão votar contra.

O relatório da deputada desequilibrou o jogo, especialmente quando ela leu, no plenário da Câmara, os trechos do vídeo infame, com todos seus palavrões e ataques asquerosos aos ministros do STF e à democracia brasileira. 

O deputado tentou apelar para o sentimentalismo, citou até sua mãe e filhas e se disse arrependido “pelos excessos”, mas novamente elogiou o general golpista Villas Boas, confirmando sua preferência pelo estado totalitário.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email