Democracia in vitro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A ciência não tem pátria. Louis Pasteur revelou.

Ele foi o cientista que prosseguiu além da refutação em se tratando da abiogênese; ele criou o processo que em sua homenagem foi chamado de pasteurização.

Até que sua determinação gerasse experimentos pertinentes, que viessem a refutar a tese aristotélica de que “montes de roupa” originam seres orgânicos - Francesco Redi e Spallanzani 

PUBLICIDADE

Afirmaram que da carne (em frascos) nasciam moscas...

O saber científico não é estanque, ele precisa de tempo para OBSERVAR,EXPERIMENTAR, PROVAR E COMPROVAR; e durante este ciclo de investigação científica: se localiza o senso comum fazendo frente ao senso crítico. O último se constitui  em uma das chaves da iluminada e iluminista ciência que carrega como estigma, muita das vezes, um desserviço advindo do comando capitalista; que deseja o lucro acima da vida. As sombras vistas pelos homens presos na caverna (no mito de Platão) podem muito bem representar a pre-ciência e a presciência em ação. 

Dia 11 de junho de 2021 e a lendária  instituição do Senado realiza mais uma oitiva da CPI DA pandemia do novo coronavírus e seu banco abriga no hoje a oficial: ciência moderna. E da boca de seus doutores escapam relatos metodológicos que revelam que (embora pragmática); a ciência por vezes em sua historicidade ficou submissa ao status quo; com sua democracia in vitro.

PUBLICIDADE

A guerra de todos contra todos é um fato; especialmente no hoje, e no Brasil: onde ela elimina o igualdade no front da Desigualdade instituída e alimentada pela alienação de brasileiros bolsonaristas ativos no cenário desumano dos desenlace planejados pelo apogeu do SISTEMA DESIGUAL E COMBINADO detectado por Trotsky. Derrubar este sistema parece utopia humana. Nem o estoicismo conseguiu. Somos cobaias. Somos experimentos vivos. Uns mais que outros, é claro.

A igualdade; deveria inexistir como signo; pois sua significação sai da nuvem do pensamento e perde a lógica do seu sentido correspondente no mundo real, como validação semiótica do referente. Afinal, Humberto Eco disse que podemos mentir a partir dos signos.

A semiótica também é ciência; e como tal poderá aplicar o método hipotético dedutivo de Popper; e vale lembrar que o conhecimento científico não é a verdade absoluta; ou seja o cientista sempre é levado ao mais elevado grau de ceticismo sobre  determinado assunto. 

PUBLICIDADE

O processo de pesquisa apresenta três  momentos: problemas, conjecturas e falseamento

Este é o pensar dentro da academia, ou universidades. E David Hume nos assegura que ver cisnes brancos o tempo todo não garante cientificamente a não existência de cisnes não brancos. Tal fato observado por Popper nos levou o Método supracitado. O que realmente esperamos da ciência é que suas descobertas; especialmente no campo da prevenção alcancem de forma igualitária as cobaias do capitalismo que de forma criminosa em meio a pandemia letal se penduram em ônibus abarrotados para continuar a fazer guerra a toda insana da infame e mascarada DESIGUALDADE. Que todos nós possamos receber o remédio ou a vacina de ponta com garantias de vida; e não a patente “de cobaias testadas” no tubo de ensaio de qualquer determinismo científico que se coloque a serviço dos capatazes obscurantista do capitalismo e seu Mercado. 

O povo precisa saber que não existem só CISNES BRANCOS.

#JORNALISMOHISTÓRICO 

#LEIABRAZILEVIREBRASIL

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email