Democracia se defende com urnas, não com armas

"Democracia se defende com urnas, não com armas. As urnas são as armas da democracia", escreve Alex Solnik sobre as novas ameaças golpistas de Jair Bolsonaro

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e urnas eletrônicas
Jair Bolsonaro e urnas eletrônicas (Foto: Reuters)


Por Alex Solnik

Bolsonaro se supera a cada dia em ataques ao regime democrático.

Voltou a falar em armas hoje, alegou que a população deveria se armar para defender a democracia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma clara incitação à guerra civil, e mais um indício de crime de responsabilidade para o seu currículo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nunca se viu antes um presidente da República fazer ameaças à integridade do sistema político e à vida dos brasileiros com tanta intensidade e persistência, à luz do dia.

Nunca se viu antes um presidente da República investir tanto na política do caos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E ainda ser aplaudido por um grupo de deputados que lhe dá imunidade parlamentar para destruir até a democracia, da qual todos precisam.

As estatísticas já provaram que aumento de armas nas mãos de civis, só resulta em mais mortes, sejam acidentais, sejam propositais.

Por mais que ele incite, a classe média, que votou nele em 2018, não quer guerra civil.   

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ninguém vai sair por aí dando tiros se as urnas não derem o resultado que Bolsonaro quer. 

Democracia se defende com urnas, não com armas.

As urnas são as armas da democracia.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email