Deputado do Centrão pede "interdição civil" de Bolsonaro

"Seria a terceira forma de afastar Bolsonaro: as outras duas são impeachment e renúncia", destaca o colunista Alex Solnik

Fausto Pinato
Fausto Pinato (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Alex Solnik

Em nota oficial, em papel timbrado da Frente Parlamentar Brasil-China, seu presidente, o deputado Fausto Pinato escreveu que o grupo não compactua com “declarações desrespeitosas e irresponsáveis contra a China” de Bolsonaro, que sugeriu que aquele país criou o vírus para levar vantagem econômica e que isso poderia ser uma guerra química contra o mundo.

Pinato também disse estar preocupado sobre um possível “desvio de personalidade” do presidente:

“Não se trata de pessoa irresponsável, desequilibrada e sem noção do mundo. Na verdade, pode tratar-se de grave doença mental que faz o nosso presidente confundir realidade com ficção”.

E concluiu:

“Penso que estamos diante de um caso em que recomenda-se (sic) a interdição civil para tratamento médico”.

“O país agradece” finaliza a nota.

Seria a terceira forma de afastar Bolsonaro: as outras duas são impeachment e renúncia.

Integrante do centrão, Pinato está no PP, o partido do presidente da Câmara, Arthur Lira.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email