Derrotar o golpismo nas ruas e nas redes

Milhares de vozes dos mais variados matizes políticos, jurídicos, sindicais, artísticos, intelectuais e associativos se unem contra quebra da legalidade democrática e ao chamado golpe paraguaio, que visa não só a derrubada da Presidenta Dilma como também o desmonte das conquistas sociais duramente conseguidas pelo povo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Mais uma vez as forças democráticas e progressistas do nosso País são chamadas para defender o Estado Democrático de Direito.

Milhares de vozes dos mais variados matizes políticos, jurídicos, sindicais, artísticos, intelectuais e associativos se unem contra quebra da legalidade democrática e ao chamado golpe paraguaio, que visa não só a derrubada da Presidenta Dilma como também o desmonte das conquistas sociais duramente conseguidas pelo povo.

Para reagir a essa ofensiva conservadora e chantagista, o Partido dos Trabalhadores coloca-se em estado permanente de mobilização, como estabeleceu a última reunião da Comissão Executiva Nacional do Partido.

É urgente e necessário que a valorosa e combativa militância do nosso Partido e do nosso campo democrático e popular esteja sintonizada nos acontecimentos e participem ativamente dos eventos organizados pela Frente Brasil Popular marcados por todo o Brasil ou em vias de marcação de datas.

Outra frente de lutas de igual importância da qual já participamos, mas que precisamos ampliar é nas Redes Sociais. Precisamos combinar a luta no parlamento, com a presença cada vez maior nas Ruas e nas Redes.

A força das nossas mobilizações e ações virtuais, combinadas com a ocupação das ruas e praças por milhares de brasileiras e brasileiros derrotará essa aberração sem fundamento algum e completamente fora de propósito.

Nas Ruas.
Nas Redes.
Não Vai Ter Golpe!

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email