Direita pode ter a sua maior derrota em Portugal

Segundo a pesquisa boca de urna somado aos primeiros resultados eleitorais mostram que a direita em Portugal tem uma derrota fortíssima.

António Costa
António Costa (Foto: Piroschka Van De Wouw/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

Segundo à pesquisa boca de urna somada aos primeiros resultados eleitorais mostram que a direita em Portugal tem uma derrota fortíssima. Segundo esses indicadores o Partido Socialista (PS), liderado por António Costa, deve ter uma maioria relativa no parlamento português e poderá formar governo com os partidos a sua esquerda, Bloco de Esquerda (BE), Partido Comunista Português (PCP) e o Partido Ecologista os Verdes (PEV) . 

O que continua muito alto em Portugal são as abstenções eleitorais, segundo as mesmas sondagens devem estar entre os 44% e 49%, um valor muito significativo para um país com pouco mais de 10 milhões de habitantes, onde o voto não é obrigatório. 

Se as projecções estiverem correctas o parlamento português terá novos partido, com pelo menos 1 deputado. Entre entres: Iniciativa Liberal (neoliberais), CHEGA (extrema-direita) e o LIVRE (sociais-democratas). 

PUBLICIDADE

Numa panorâmica nos primeiros indicadores podemos dizer que a direita portuguesa nunca esteve tão fraca como agora e a extrema-direita não obteve os resultados expressivos que tem se repetido em vários países da Europa e do mundo. Logo mais saberemos os resultados finais e mais exactos.

Quer saber como funciona o sistema eleitoral em Portugal.

PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email