Diretas já

Se em 1984 no auge das manifestações, 84% dos brasileiros queriam Diretas Já!, ano passado, numa consulta realizada pelo site E- Cidadania do Senado Federal, dos 189 mil que se dispuseram a participar da enquete, 175,4 mil pediam "eleições diretas já para 2016". Impressionante 93%

Brasil, Brasília, DF, 23/04/1984. Manifestação pedindo eleições diretas (Diretas Já) em Brasília (DF). Contato: 08.184.01 - Negativo: 840784/S.3(17) - Crédito:ARQUIVO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Código imagem:133806
Brasil, Brasília, DF, 23/04/1984. Manifestação pedindo eleições diretas (Diretas Já) em Brasília (DF). Contato: 08.184.01 - Negativo: 840784/S.3(17) - Crédito:ARQUIVO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Código imagem:133806 (Foto: Sebastião Costa)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Corria o ano da graça de 1983 e o brasileiro seguia cansado, esgotado e revoltado com o regime autoritário, imposto há dezenove anos com a truculência e a força das armas.

Inflação em alta, economia em baixa, desemprego ululante. Plena recessão. Caldo de cultura para explodir o mais importante movimento cívico da história do Brasil, a campanha das Diretas JÁ!

Nos palcos, uma miscigenação partidária e ideológica jamais vista no país: Ulisses Guimarães, Lula, Brizola, Mário Covas, Arraes, FHC, Pedro Simon...Na plateia, 1 milhão na Praça da Sé, 1 milhão na Candelária e seguiu por Belo Horizonte, Goiânia, Curitiba e todas as capitais do país.
O movimento mandou o regime militar para a UTI e a eleição de Tancredo Neves/Sarney sepultou o que restou de seus escombros.

Trinta e dois anos depois, o país volta a conviver com um governo ilegítimo, impopular, direitos trabalhistas e previdenciários ameaçados, inflação irrequieta, desemprego desembestado e a cara feia da recessão assombrando as camadas sociais mais vulneráveis. Ingredientes que costumam despertar a fome do brasileiro de votar para presidente.

As pesquisas não permitem duvidas: Se em 1984 no auge das manifestações, 84% dos brasileiros queriam Diretas Já!, ano passado, numa consulta realizada pelo site E- Cidadania do Senado Federal, dos 189 mil que se dispuseram a participar da enquete, 175,4 mil pediam "eleições diretas já para 2016". Impressionante 93%!

Contra mesmo, só os avessos às vias democráticas, que correspondem aos habitantes da Casa-Grande, a imprensa hegemônica e os MTs, Primos, Angorás, Santos, Mineirinhos, Cajus e Gripados que usurparam o poder e estabeleceram uma agenda plenamente sintonizada com os anseios e interesses do grande capital e do sistema financeiro internacional

Foi no cheiro dessa pesquisa que aportou em João Pessoa o parlamentar Lindbergh Farias, convidado pelo combativo Marcos Henriques, com assento na câmara de vereadores. Na bagagem do senador, a experiência dos Caras-pintadas

Em plenária nessa terça-feira no sindicato dos bancários, o vereador reuniu uma grande platéia composta por funcionários públicos, profissionais liberais, representantes dos movimentos sociais para ouvir o senador falar da necessidade de se convocar novas eleições e estimular os pessoenses para mais essa batalha, que já nasce recheada de civismo e com o compromisso de resgatar a plenitude democrática do país.

Daqui pra frente é estabelecer estratégias para nacionalizar o movimento, que passa pela adesão de outros partidos políticos, dos movimentos sociais, dos trabalhadores apavorados com a castração de direitos adquiridos e essencialmente da sociedade, desiludida com o aprofundamento da crise econômica e a destruição de conquistas sociais

A luta está só começando!

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247