Doria vai tocando o terror – acelera, São Paulo!

Pensar que o povo paulistano elegeu esse sujeito para tomar atitudes absurdas como essas - GCM agredindo morador de rua e Doria jogando no chão flores recebidas por uma ciclista em protesto - é doloroso demais. Uma cidade cheia de problemas e tudo que ele tem a oferecer é truculência com a população humilde, mortes no trânsito e antipetismo

Pensar que o povo paulistano elegeu esse sujeito para tomar atitudes absurdas como essas - GCM agredindo morador de rua e Doria jogando no chão flores recebidas por uma ciclista em protesto - é doloroso demais. Uma cidade cheia de problemas e tudo que ele tem a oferecer é truculência com a população humilde, mortes no trânsito e antipetismo
Pensar que o povo paulistano elegeu esse sujeito para tomar atitudes absurdas como essas - GCM agredindo morador de rua e Doria jogando no chão flores recebidas por uma ciclista em protesto - é doloroso demais. Uma cidade cheia de problemas e tudo que ele tem a oferecer é truculência com a população humilde, mortes no trânsito e antipetismo (Foto: Eduardo Guimarães)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Quem pensa que o antipetismo hidrófobo e a falta de educação do prefeito de São Paulo, João Doria, são seus únicos defeitos, engana-se. Ele também apela ao autoritarismo direto, valendo-se de uma polícia municipal que, sob suas ordens, vem usando a repressão para que ele consiga cumprir sua promessa de campanha de tirar gente pobre das vistas da elite higienista.

Membros da GCM (Guarda Civil Metropolitana), da gestão João Doria (PSDB), foram flagrados em um vídeo agredindo um homem em situação de rua por volta das 10h de quarta (3) no Jabaquara (zona sul).

Nas imagens, um GCM empurra o homem, que cai no chão, enquanto outros dois guardas acompanham sem fazer nada. Depois, o homem é pressionado contra a parede e tem o braço torcido para trás. Ele leva, também, uma rasteira.

Durante as agressões, outros dois fiscais da prefeitura levam um carrinho de supermercado com os pertences da vítima.

Essas imagens combinam perfeitamente com a conduta cretina desse sujeito ao sujar as ruas da cidade que governa, dando um exemplo inacreditável de falta de civilidade.

Uma ciclista se aproximou do carro do prefeito e ofereceu flores. Os dois conversaram rapidamente e ele não segurou as plantas. A mulher insistiu e as colocou no painel do veículo. O tucano se irritou, reagiu e, já indo embora, atirou as flores no chão da rua.

Doria flores

A entrega das flores foi uma das formas de protesto contra o aumento dos limites de velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros e o consequente aumento de mortes nos acidentes, constatado pelos estudos medidores do problema.

Cumprindo promessa de campanha, o tucano aumentou as velocidades máximas nas pistas expressa, central e local em 90 km/h, 70 km/h e 60 km/h, respectivamente.

Para quem não sabe, acidentes com mortos e feridos nas marginais aumentaram 67% após o aumento da velocidade média dos veículos ordenado pelo novo prefeito. Contudo, além de não tomar providências e sequer fazer mea culpa, ele ainda agride quem reclama.

A cena aconteceu quando Doria saía de cerimônia de abertura do centro cultural Japan House São Paulo, na avenida Paulista (região central de SP).

Pensar que o povo paulistano elegeu esse sujeito para tomar atitudes absurdas como essas, é doloroso demais. Uma cidade cheia de problemas e tudo que ele tem a oferecer é truculência com a população humilde, mortes no trânsito e antipetismo.

A elite branca quatrocentona está adorando, mas a população que precisa da prefeitura vai acordar já, já. É só esperar.

Assista, abaixo, às cenas deprimentes protagonizadas por Doria ou por ordem dele.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247