E daí? O valor da vida humana nesse governo!

O Presidente, é claro, sempre poderá tirar do bolso do colete sua frase mais brilhante, jamais dita diante de uma tragédia: E daí?

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Um jovem, tudo indica, tirou a sua própria vida, algo sempre lamentável e que, certamente, esconde tragédias pessoais.

Tristemente, não é o único caso na história e, com certeza, não será o último, por mais doloroso que seja.

Acontece que esse jovem era voluntário na testagem para o desenvolvimento da vacina contra o covid19, denominada de coronavac, em desenvolvimento.

A morte nada teve a ver com os testes ou com o desenvolvimento da vacina, mas, segundo o protocolo, tinha de ser informado para a ANVISA, e o foi.

A ANVISA, então, manda suspender os testes.

A vacina estava sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

No Brasil já perdemos mais de 160 mil pessoas e temos mais de 5 milhões de infectados com o covid19, número que só cresce.

Estes e todos os demais brasileiros aguardam por uma vacina; por algum motivo, a vacina russa sequer é mencionada por aqui.

A ANVISA não dá explicações, relevando o crédito que desfruta o Instituto Butantan, cuja reputação positiva atravessa século e fronteira.

Tudo indica que a ANVISA foi transformada em aparelho ideológico, porque o Presidente da República falou do cancelamento dos testes como uma vitória pessoal.

Uma proclamação inconcebível de vitória que poderá custar a derrota de milhares de vidas, em sua luta para sobreviver ao vírus.

O Presidente, é claro, sempre poderá tirar do bolso do colete sua frase mais brilhante, jamais dita diante de uma tragédia: E daí?

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247